PRODUÇÃO DE TERRITÓRIOS NA FEIRA DA RUA JOSÉ AVELINO - FORTALEZA – CE

Autores

  • Evelize Teixeira De Oliveira Sousa

Palavras-chave:

feira, território, conflitos, feirantes

Resumo

O objetivo deste trabalho é analisar os territórios que compõem a feira de confecção da rua josé avelino e sua dinâmica no contexto da cidade de fortaleza. A feira ocorre nas madrugadas de quarta para quinta-feira e de sábado para domingo no bairro centro, em fortaleza, atraindo compradores do interior do ceará e de outros estados do brasil, principalmente, da região nordeste. Além da caracterização dos territórios que compõem a atividade, analisaram-se os grupos que a produzem: os agentes sociais produtores da feira. Nessa análise buscou-se identificar como eles estabelecem as relações entre si e que conflitos são gerados nesse processo. Para isso, realizaram-se levantamentos bibliográficos sobre territórios, territorialidade, feiras e sobre o centro de fortaleza, elaboração de mapas, utilização de registros fotográficos obtidos em visitas de campo e foram feitas ainda entrevistas semiestruturadas. A pesquisa também usou informações obtidas em uma hemeroteca criada com notícias específicas sobre o objeto de análise. O estudo da feira da rua josé avelino permitiu compreender que a produção dos agentes gerou um território bastante complexo que se articula com outros que foram criados com o desenvolvimento e a expansão da feira. Percebeu-se que as relações fundadas entre os agentes produtores podem ser conflituosas, que a produção da feira dinamizou a porção onde se encontra e favoreceu o processo de valorização espacial do seu entorno, o que beneficia, inclusive, os proprietários dos imóveis, que lucram com esse processo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

PRODUÇÃO DE TERRITÓRIOS NA FEIRA DA RUA JOSÉ AVELINO - FORTALEZA – CE

Publicado

2021-08-28

Como Citar

DE OLIVEIRA SOUSA, E. T. . PRODUÇÃO DE TERRITÓRIOS NA FEIRA DA RUA JOSÉ AVELINO - FORTALEZA – CE. Revista GeoUECE, [S. l.], v. 4, n. 7, p. 213–213, 2021. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/GeoUECE/article/view/6940. Acesso em: 23 out. 2021.

Edição

Seção

Defesa do PropGEO