Acesso lexical de palavras homógrafas interlinguísticas português brasileiro

Inglês em uma tarefa de decisão linguística e de tradução

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46230/2674-8266-13-7368

Palavras-chave:

Acesso Lexical, Léxico Bilíngue, Homógrafas Interlinguísticas, Priming, Tradução e Cognição

Resumo

O acesso lexical pode ser definido como a busca da correspondência entre uma palavra e o seu significado. Neste artigo apresentamos resultados de um estudo que investigou o acesso lexical de palavras homógrafas interlinguísticas, com os seguintes objetivos: 1) Identificar se há diferença no custo de processamento de palavras homógrafas interlinguísticas, Português Brasileiro-Inglês, e palavras não homógrafas interlinguísticas em uma tarefa de decisão linguística; 2) Identificar os efeitos de priming de repetição das palavras homógrafas e não homógrafas interlinguísticas em uma tarefa de tradução. Através de uma metodologia de natureza experimental quantitativa em tempo real, on-line, obtivemos informações sobre tempo de reação e acurácia dos(as) 23 participantes que desempenharam a tarefa de decisão linguística (Experimento 1) e a tarefa de tradução (Experimento 2) no software PsyToolkit (STOET, 2010, 2017). Os resultados do Experimento 1 demostraram uma diferença significativa entre as médias do tempo de reação das palavras controle em inglês em relação às palavras homógrafas e às palavras controle em português brasileiro. No Experimento 2, os resultados demonstraram que houve efeito de priming de repetição para as palavras controles “velhas” (CV). Esses resultados demonstraram um maior custo de processamento das palavras homógrafas interlinguísticas no acesso lexical bilíngue, contribuindo para o entendimento da organização e do processamento do léxico mental de bilíngues.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Liana Maria da Silva Gadelha, Universidade Federal do Ceará - UFC

Mestre em Estudos da Tradução pelo Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução (POET) da Universidade Federal do Ceará (UFC). Professora da Rede Estadual de Ensino do estado do Ceará. 

Pâmela Freitas Pereira Toassi, Universidade Federal do Ceará - UFC

Doutora em Estudos Linguísticos. Professora do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução (POET) e do Programa de Pós-Graduação em Linguística (PPGLin) da Universidade Federal do Ceará (UFC); Fortaleza-CE.

Referências

ANGELE, Bernhard et al. Trilingual reading: The effect of cognates, false friends, and language proficiency, 2019. Alicante, Spain. Evento: 20th European Conference on Eye Movements.

ARAÚJO, Luciana Kuchenbecker. Palavras homógrafas. Goiânia: Brasil Escola, 2021. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/palavras-homografas.htm. Acesso em: 21 fev. 2021.

BATISTA, Amanda Aparecida de Sousa. O efeito de falsos cognatos português-inglês em uma tarefa de decisão linguística. Em elaboração. TCC (Graduação) – Curso de Letras – Inglês, Universidade Federal do Ceará.

BEAUVILLAIN, Cécile; GRAINGER, Jonathan. Accessing Interlexical Homographs: Some Limitations of a Language-Selective Access. Laboratoire de Psychologie Expérimentale, Université René Descartes et EPHE, Unité associée au CNRS 316. Journal of Memory and Language, Amsterdam, v. 26, n. 6, p. 658-672, Dec. 1987.

CARL, Michael; SCHAEFFER, Moritz. Outline for a Theoretical Model of Machine Translation Post-editing. In: LI, Defeng; LEI, Victoria Lai Cheng; HE, Yuanjian (ed.). Researching Cognitive Processes of Translation. Singapore: Springer, 2019. (New Frontiers in Translation Studies).

DAVIES, Mark. The Corpus of Contemporary American English (COCA). 2008. Disponível em: https://www.english-corpora.org/coca/. Acesso em: 21 ago. 2020.

DE GROOT, M. B. Annete; DELMAAR, Philip; LUPKER, Stephen J. The processing of interlexical homographs in translation recognition and lexical decision: Support for non-selective access to bilingual memory. The Quarterly Journal of Experimental Psychology Section A, London, v. 53, n. 2, May 2000, p. 397-428.

DIJKSTRA, T. et al. More on interlingual homograph recognition: language intermixing versus explicitness of instruction. Bilingualism: Language and Cognition, v.3, n.1, 2000, p. 69–78.

DIJKSTRA, Ton; VAN HEUVEN, Walter J. B. The Architecture of the Bilingual Word Recognition System: From Identification to Decision. Bilingualism: Language and Cognition, v. 5, n. 3, p. 175-197, 2002.

DIJKSTRA, T. O. N.; VAN JAARSVELD, H. E. N. K.; BRINKE, S. J. Interlingual homograph recognition: Effects of task demands and language intermixing. Bilingualism: Language and Cognition, v.1, n.1, 1998, p. 51–66.

DOMICIANO, Regina Maria Guarnier. Investigando o processo psicolinguístico de tradução: identificação de problemas de tradução e possíveis soluções por meio de estratégias. Revista Brasileira de Linguística Aplicada, Belo Horizonte, v. 3, n. 1, p. 69-184, 2003.

DUARTE, Aline Behling; BLANK, Cíntia Ávila. A influência do priming grafo-fônico-fonológico em uma tarefa de decisão lexical em multilíngues falantes de português (L1), inglês (L2) e francês (L3). Caderno de Letras, Pelotas, n. 35, p. 13-25, set./dez. 2019.

EDTI. BoxPlot: Saiba tudo sobre o Diagrama de caixa e como interpretar esse gráfico. Campinas: EDTI, 10 set. 2019. Disponível em: https://www.escolaedti.com.br/o-que-e-um-box-plot. Acesso em: 11 mar. 2021.

ESTIVALET, Gustavo Lopez. Léxico do Português Brasileiro – LexPorBR. 2019. Disponível em: http://www.lexicodoportugues.com/. Acesso em: 21 ago. 2020.

FRANCIS, Wendy. Bilingual semantic and conceptual representation. In: KROLL, Judith F.; DE GROOT, Annette M. B. (ed.). Handbook of Bilingualism: Psycholinguistic Approaches. New York: Oxford University Press, 2005. p. 251-267.

FRANCIS, Wendy S.; GOLDMANN, Leslie L. Repetition Priming Within and Between Languages in Semantic Classification of Concrete and Abstract Words. Memory, El Paso, v. 19, n. 6, p. 653-663, 2011.

HE, Yuanjian. Translating and Interpreting as Bilingual Processing: The Theoretical Framework. In: LI, Defeng; LEI, Victoria Lai Cheng; HE, Yuanjian (ed.). Researching Cognitive Processes of Translation. Singapore: Springer, 2019. p. 15-48. (New Frontiers in Translation Studies).

HSIEH M-C et al. Neural Evidence of Language Membership Control in Bilingual Word Recognition: An fMRI Study of Cognate Processing in Chinese–Japanese Bilinguals. Front. Psychol., 2021, v. 12. doi: 10.3389/fpsyg.2021.643211.

HURTADO ALBIR, Amparo; ALVES, Fábio; DIMITROVA, Birgitta Englund; LACRUZ, Isabel. A Retrospective and Prospective View of Translation Research from an Empirical, Experimental, and Cognitive Perspective: The TREC Network. Translation & Interpreting, Sydney, v. 7, n. 1, p. 5-25, 2015.

ITT – Institute for Test Results and Test Development. Leipzig: Leipzig University, 2019. Disponível em: https://itt-leipzig.de/?lang=en. Acesso em: 10 ago. 2020.

KERKHOFS R. et al. Testing a model for bilingual semantic priming with interlingual homographs: RT and N400 effects. Brain Res., Jan 2006, v. 12, p. 170-83. doi: 10.1016/j.brainres.2005.10.087.

KIM, J.; GABRIEL, U.; GYGAX, P. Testing the effectiveness of the Internet-based instrument PsyToolkit: A comparison between web-based (PsyToolkit) and lab-based (E-Prime 3.0) measurements of response choice and response time in a complex psycholinguistic task. PLoS ONE, San Francisco, v. 14, n. 9, p. 1-19, Sep. 2019.

LAMEIRA, Marina Fernandes Neves; TORRESI, Elaine Cristina de Barros; CARTHERY-GOULART, Maria Teresa. Línguas em conflito: modelos de acesso lexical a partir do input ortográfico em bilíngues e multilíngues e o efeito do multilinguismo sobre as funções executivas. Cadernos de Tradução, Florianópolis, v. 40, n. esp. 2, p. 185-216, set./dez. 2020.

LEE, Yoonhyong; JANG, Euna; CHOI, Wonil. L2-L1 Translation Priming Effects in a Lexical Decision Task: Evidence From Low Proficiency Korean-English Bilinguals. Frontiers in Psychology, Pully, v. 9, p. 1-10, 2018.

LEMHÖFER, Kristin; DIJKSTRA, Ton. Recognizing Cognates and Interlingual Homographs: Effects of Code Similarity in Language-Specific and Generalized Lexical Decision. Memory & Cognition, Austin, v. 32, n. 4, p. 533-550, 2004.

LINGUEE. Dicionário Inglês-Português e buscador de traduções. Disponível em: https://www.linguee.com.br/ingles-portugues. Acesso em: 21 ago. 2020.

MAIER, Robert M.; PICKERING, Martin J.; HARTSUIKER, Robert J. Does Translation Involve Structural Priming? The Quartely Journal of Experimental Psychology, London, v. 70, n. 8, p. 1575-1589, Aug. 2017.

MARQUES, Amadeu; DRAPER, David. Dicionário Inglês-Português/Português-Inglês. São Paulo: Ática, 1997.

MEDLER, D. A.; BINDER, J. R. LANGUAGE IMAGING LABORATORY. MCWord: An On-Line Ortographic Database of the English Language. Wisconsin: Medical College of Winsconsin, 2019. Disponível em: http://www.neuro.mcw.edu/mcword/. Acesso em: 21 ago. 2020.

NOGUEIRA, Zaine Martins. The effect of English- Portuguese cognates in a language decision task Em elaboração. TCC (Graduação) – Curso de Letras – Inglês, Universidade Federal do Ceará

OLIVEIRA, Bruno; FARIA, Bruna. Como interpretar uma análise de variância ANOVA? 19 ago. 2019. Belo Horizonte: Oper, 2019. Disponível em: https://operdata.com.br/blog/como-interpretar-analise-de-variancia-anova/. Acesso em: 22 mar. 2021.

OXFORD English Dictionary. Oxford: Oxford University Press, 2009.

PITZER, Keith D.; DAGENBACH, Dale. A Constraint on Eliminating Semantic Priming by Repeating a Prime. The American Journal of Psychology, Urbana, v. 114, n. 1, p. 43-53, Spring 2001.

POORT, E. V. A. D., WARREN, J.; RODD, J. Recent experience with cognates and interlingual homographs in one language affects subsequent processing in another language. Bilingualism: Language and Cognition, v.19, n.1, 2016, p.206–212.

PORTAL ACTION. Estatcamp - Consultoria Estatística e Qualidade. 2003. Disponível em: http://www.portalaction.com.br/inferencia/64-teste-de-shapiro-wilk. Acesso em: 22 mar. 2021.

RUMELHART, David E.; MCCLELLAND, James L. An interactive activation model of context effects in letter perception: II. The contextual enhancement effect and some tests and extensions of the model. Psychological Review, Washington, v. 89, n. 1, p. 60-94, 1982.

STOET, Gijsbert. PsyToolkit: A Novel Web-Based Method for Running Online Questionnaires and Reaction-Time Experiments. Teaching of Psychology, Columbia, v. 44, n. 1, p. 24-31, 2017.

STOET, Gijsbert. PsyToolkit: A Software Package for Programming Psychological Experiments Using Linux. Behavior Research Methods, Austin, v. 42, n. 4, p. 1096-1104, 2010.

TOASSI; Pâmela Freitas Pereira; CARTHERY-GOULART, Maria Teresa. Frequency effects in a language decision task containing Portuguese-English interlingual homographs. Em elaboração.

VANDEPITTE, Sonia; JOOKEN, Lieve; MAIER, Robert M.; ZHENG, Binghan. Linguistics. In: D’HULST, Lieven; GAMBIER, Yves (ed.). A History of Modern Translation Knowledge. Amsterdam: John Benjamins, 2018. p. 357-366.

VANLANGENDONCK, F. et al. Mixing the stimulus list in bilingual lexical decision turns cognate facilitation effects into mirrored inhibition effects. Bilingualism: Language and Cognition, v.23, n.4, 2020, p.836–844.

Downloads

Publicado

2022-03-11

Como Citar

GADELHA, L. M. da S.; TOASSI, P. F. P. Acesso lexical de palavras homógrafas interlinguísticas português brasileiro: Inglês em uma tarefa de decisão linguística e de tradução. Revista Linguagem em Foco, Fortaleza, v. 13, n. 4, p. 56–77, 2022. DOI: 10.46230/2674-8266-13-7368. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/linguagememfoco/article/view/7368. Acesso em: 16 maio. 2022.