Funcionamento dos Dispositivos de Poder na Mídia e na Educação

Uma Série Enunciativa do Caos?

  • Kélvya Freitas Abreu
  • Orlando Silva de Oliveira
  • Maria Patrícia Lourenço Barros
Palavras-chave: Mídia, Dispositivo de Poder, Educação

Resumo

O presente estudo visa refletir sobre a série enunciativa que vem moldando uma narrativa do caos em torno da educação brasileira ao longo dos anos. Em especial, tomamos como recorte temporal as materialidades proferidas na Grande Mídia e pela Mídia Alternativa após a posse do presidente Jair Bolsonaro (janeiro a maio de 2019). Assim sendo, através de uma pesquisa exploratória de base interpretativista, propomos analisar um conjunto de séries enunciativas e visualizar como um dispositivo ou vários dispositivos de poder atuam na materialidade discursiva em um dado tempo e espaço. Esse jogo discursivo foi vislumbrado à luz das categorizações propostas por Foucault (2006) e aprofundadas por Deleuze (1996) ao entender o funcionamento desse dispositivo (GREGOLIN, 2015, 2016). Como resultado, concluímos que a mídia perpetua narrativas de poder ao se associar ao discurso político, destinando espaço para certos dizeres.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

DELEUZE, G. O que é um dispositivo? In: ______. O mistério de Ariana. Tradução e prefácio de Edmundo Cordeiro. Lisboa: Vega – Passagens, 1996. Disponível em: <https://pt.scribd.com/doc/48275693/O-que-e-um-dispositivo-Gilles-Deleuze>. Acessado em: 01 set. 2019.

DOURADO, L. F. Reforma do Estado e as políticas para a educação superior no Brasil nos anos 90. Educação & Sociedade, Campinas, v. 23, n. 80, 2002.

FOUCAULT, M. Outros espaços. In: ______. Estética: literatura, música e cinema. Tradução de Autran Dourado Barbosa. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2006. p. 411-421 (Coleção Ditos e Escritos, v. III).

GREGOLIN, M.R. Discursos e imagens do corpo: heterotopias da (in)visibilidade na WEB. In: FLORES, G.G.; NECKEL, N.R.F.; GALLO, S.M.L. (Orgs.). Análise do discurso em rede: cultura e mídia. [S.l: s.n.], 2015. p.191-203.

GREGOLIN, M. R. Análise do Discurso com Michel Foucault Ep. 02, Os dispositivos. 2016. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?time_continue=555&v=IpMURaG9hYc> Acessado em: 01 set. 2019.

SILVA, F. P. Mídia e produção dos sentidos: das traquinices que povoam o enunciado. In: OLIVEIRA, M. B. F.; ALVES, M. P. C.; SILVA, M.P. (Orgs.). Linguagem e práticas sociais: ensaios e pesquisas. Natal: EDFRN, 2008.

SILVA, I. B. G. O Banco Mundial e as políticas educacionais. Ciclo Revista, v. 1, n. 2, 2016.

SINGER, P. Poder, política e educação. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 1, p. 5-15, jan./abr. 1996.

STEINBERGER, M. B. Discursos geopolíticos da mídia: jornalismo e imaginário internacional na América Latina. São Paulo: EDUC; Fapesp; Cortez, 2005.

Publicado
2020-03-23
Como Citar
ABREU, K.; DE OLIVEIRA, O.; BARROS, M. P. Funcionamento dos Dispositivos de Poder na Mídia e na Educação. Revista Linguagem em Foco, v. 11, n. 2, p. 80-92, 23 mar. 2020.