UMA PROPOSTA DE DELIMITAÇÃO DA ÁREA DE DEGRADAÇÃO/DESERTIFICAÇÃO DE CANINDÉ, CEARÁ

Autores

  • Jáder Ribeiro De Lima

Palavras-chave:

susceptibilidade, degradação, desertificação, canindé, geoprocessamento

Resumo

O presente trabalho tem o intuito mapear a área de degradação com susceptibilidade a desertificação existente nos sertões de canindé e caridade, ceará. Esta área foi inicialmente identificada pela fundação cearense de meteorologia e recursos hídricos (funceme) no ano de 1990, onde foi mapeada uma área de 37.913 ha de área degradada. Em 2010 a secretaria de recursos hídricos (srh) lançou o programa de Ação estadual de combate à desertificação e mitigação dos efeitos contra a seca (pea – ce). Como produto do pae, determinou-se a existência de três grandes áreas susceptíveis a desertificação, as chamadas asd’s. Canindé continuava fazendo parte destas áreas susceptíveis a desertificação do estado do ceará, agora no núcleo de irauçuba e com uma mancha de degradação de 53.440 ha. O estado do ceará passa pelo Seu quarto ano de seca consecutivo. De 2012 até este ano de 2015, a capacidade dos reservatórios passou de 63,8 % para alarmantes, 18,8 %, segundo dados da funceme. Então esta pesquisa tem o objetivo de lançar um novo olhar para esta área de degradação para que ela possa ser melhor acompanhada pelas autoridades públicas e pela própria sociedade civil, no intuito de preservação desta área. Com ferramentas de Geoprocessamento para subsidiar a pesquisa e trabalhos de campo para validação destes dados obtidos em escritório, foi possível identificar o avanço da mancha de degradação existente nos sertões de canindé e caridade, aumentando para 93.330 ha no ano de 2015. Diante disso, medidas têm mitigadoras, como a construção de usinas de dessalinização da água marinha tem que ser pensadas, caso contrário, a indústria da seca continuará alimentando a ganância política, deixando com fome o sertanejo e degradando o ambiente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CAPES

Publicado

2021-08-28

Como Citar

DE LIMA, J. R. UMA PROPOSTA DE DELIMITAÇÃO DA ÁREA DE DEGRADAÇÃO/DESERTIFICAÇÃO DE CANINDÉ, CEARÁ. Revista GeoUECE, [S. l.], v. 4, n. 7, p. 215–215, 2021. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/GeoUECE/article/view/6942. Acesso em: 23 out. 2021.

Edição

Seção

Defesa do PropGEO