DICIONÁRIOS ESCOLARES: UMA ANÁLISE VISUAL

  • Francisco Iací do Nascimento UECE
  • Antônio Luciano Pontes UFPB
Palavras-chave: Análise Visual, Multimodalidade, Dicionário Escolar

Resumo

Analisamos os dicionários escolares:Aurelinho (2008), Aurélio Ilustrado (2008),Aurélio Júnior (2011) e Miniaurélio (2010) na perspectiva da multimodalidade, buscando compreender como os recursos visuais são usados nas capas e nas páginas para compor sentidos. Apoiamo-nos no conceito de informatividade visual de Bernnhart (2004,) nos da Gramática do Design Visual de Kress& van Leeuwen (1996, 2006) sobre a leitura de imagens e nos estudos lexicográficos de Pontes (2009, 2010, 2011). Os resultados indicam que os dicionários escolares podem ser colocados em um contínuo de informatividade visual. Sendo que nos dicionários infantis e ilustrados, as imagens não são meros elementos de decoração, elas instanciam significados representacionais, interativos e composicionais, construindo valores de verdade, intimidade, igualdade e realidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BERNHARDT, S.A. Seeing the text. In: HANDA, C. (Org.). Visual rhetoric in a digital world: a critical sourcebook. Boston: Bediford/St. Martin’s Press, 2004. p. 94-106.
BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Programa Nacional do Livro. Brasília, MEC, 2011.
DIONISIO, A. P. Gêneros multimodais e multiletramento. In: KARWOSKI, A. M.; GAYDECKA, B.; BRITO, K.S. (Orgs.). Gêneros textuais: reflexiçoes e ensino. Rio de Janeiro: Lucerna, 2005. p. 159-177.
KRESS, G.; VAN LEEUWEN, T. Reading Images: the grammar of visual design. London, New York: Routledge, 2006.
MOZDZENSKI, L. P. Desconstruindo a linguagem jurídica: multimodalidade e argumentatividade visual nas cartilhas de orientação legal. VEREDAS. Rev. Est. Ling., Juiz de Fora, v. 8, n. 1 e n. 2,
p. 91-106, jan./dez. 2004.
PONTES, A. L. Dicionário para Uso Escolar: o que é, como se lê. Fortaleza, EdUECE, 2009.
________S, A. L. Multimodalidade em dicionários escolares. In: ISQUERDO, Aparecida Negri; BARROS, Lídia Almeida. (Org.). As ciências do Léxico: lexicologia, lexicografia, terminologia. Campo Grande: Ed. UFMS, 2010, v. V, p. 201-218.
________, A.L. O Verbal e o Não-Verbal em Dicionários Didáticos: um enfoque multimodal. In: ARAÚJO, J.C., BIASI-RODRIGUES, B. & DIEB, M. (Orgs.) Seminários Linguísticos: Discurso,
análise linguística, ensino e pesquisa. Mossoró, RN: Edições UERN, 2010, p. 167-187.
Dicionários analisados
FERREIRA, A. B. H. Dicionário infantil ilustrado da língua portuguesa. 2ª ed. Curitiba: Editora Positivo, 2008.
FERREIRA, A. B. H. Dicionário Aurélio Ilustrado.Curitiba: Editora Positivo, 2008.
FERREIRA, A. B. H. Mini Aurélio: o dicionário da língua portuguesa. 8ª ed. Curitiba: Editora Positivo, 2010.
FERREIRA, A. B. H. Aurélio Júnior: dicionário escolar da língua portuguesa. 2ªed. Curitiba: Editora Positivo, 2011.
Publicado
2019-09-16
Como Citar
DO NASCIMENTO, F.; PONTES, A. DICIONÁRIOS ESCOLARES: UMA ANÁLISE VISUAL. Revista Linguagem em Foco, v. 3, n. 5, p. 145 - 166, 16 set. 2019.