ANÁLISE DA REPETIÇÃO GESTUAL E DE METÁFORAS MULTIMODAIS EM DISCURSOS POLÍTICOS DE DEPUTADOS DE ESQUERDA

  • Edilane Teixeira Cotrim UESB
  • Maíra Avelar UESB
  • Anderson Alves Chaves UESB
Palavras-chave: Metáforas Multimodais, Gestos, Discursos Políticos, Metaforicidade

Resumo

O presente artigo tem o objetivo de analisar a repetição gestual e emergência de metáforas multimodais no discurso de três diferentes deputados que se autodenominam de Esquerda. A análise dos dados foi feita com base em três vídeos de sessões legislativas com Jean Wyllys, Ivan Valente e Erika Kokay. Este estudo propõe uma análise interdisciplinar entre a Linguística Cognitiva e os Estudos Gestuais. A análise das metáforas multimodais foi embasada na Teoria da Metáfora Conceptual de Lakoff e Johnson (2003), a qual discute os processos metáforicos incorporados na linguagem, no pensamento e na ação. No que diz respeito aos gestos, foram utilizadas as diretrizes para identificação de metáforas nos gestos, propostas por Cienki (2017), em que há uma análise mais abrangente dos gestos metafóricos. Além disso, foram considerados os pressupostos metodológicos apresentados por Bressem (2014), em que as discussões sobre repetição são realizadas a partir de uma perspectiva gestual e multimodal. O foco principal das análises foi dado à comparação entre os vídeos escolhidos, para encontrar as semelhanças e diferenças em relação ao uso dos gestos metafóricos identificados nos discursos.

Publicado
2019-02-24