Edições anteriores

  • Fluxo Contínuo
    v. 6 n. 2 (2022)

    O objetivo deste volume é tornar público artigos resultantes de estudos e pesquisas e abordem temas de ciências humanas, em particular de educação, história e questão social, a partir das coordenadas teóricas do humanismo, do historicismo concreto e da razão dialética. Também compõem o escopo da revista a publicação de resenhas de obras relevantes para os debates nas referidas áreas, sejam elas de autores(as) nacionais ou estrangeiros(as).

  • Fluxo Contínuo
    v. 6 n. 1 (2022)

    O objetivo deste volume é tornar público artigos resultantes de estudos e pesquisas e abordem temas de ciências humanas, em particular de educação, história e questão social, a partir das coordenadas teóricas do humanismo, do historicismo concreto e da razão dialética. Também compõem o escopo da revista a publicação de resenhas de obras relevantes para os debates nas referidas áreas, sejam elas de autores(as) nacionais ou estrangeiros(as).

  • Fluxo Contínuo
    v. 5 n. 1 (2021)

    O objetivo deste volume é tornar público artigos resultantes do I Seminário do GPOSSHE: Educação do campo e Pedagogia histórico-crítica em contexto de crise e pandemia, ocorrido de forma totalmente On-line e realizado em parceria com o CNPq, CAPES, UECE, HISTEDBR, HISTRAEB, , PPGE-UECE e FUNCAP. Ainda, o volume conta com a publicação em demanda contínua de estudos e pesquisas e abordem temas de ciências humanas, em particular de educação, história e questão social, a partir das coordenadas teóricas do humanismo, do historicismo concreto e da razão dialética.

  • Fluxo Contínuo
    v. 4 n. Unico (2021)

    O objetivo deste volume é tornar público artigos resultantes de estudos e pesquisas e abordem temas de ciências humanas, em particular de educação, história e questão social, a partir das coordenadas teóricas do humanismo, do historicismo concreto e da razão dialética. Também compõem o escopo da revista a publicação de resenhas de obras relevantes para os debates nas referidas áreas, sejam elas de autores(as) nacionais ou estrangeiros(as).

  • Dossiê: Antonio Gramsci
    v. 3 n. 2 (2020)

    O dossiê "Antonio Gramsci" dos Cadernos do Gposshe On-line apresenta uma série de reflexões sobre olegdo teórico do filósofo sardo, abordando temas que circundam os debates mais atuais a respeito de temáticas que dizem respeito à filosofia da práxis.

  • A Ciência diante do Obscurantismo
    v. 3 n. 1 (2020)

    O dossiê "A ciência diante do obscurantismo" dos Cadernos do Gposshe On-line. O Grupo de Pesquisa Ontologia do Ser Social, História, Educação e Emancipação Humana (GPOSSHE) apresenta uma série de reflexões sobre os ataques sofridos pela ciência, no contexto da atual conjuntura no qual setores de extrema-direita e reacionários articulam um discurso anticientífico e obscurantista propagandeados por fakenews, que objetivam aprofundar a alienação da massa trabalhadora. É  possível  identificar  entre  as  mudanças trágicas  na  forma  de  pensar  e  de  entender  possibilitadas  pela  crise  a  contradição abismal  entre  as  formas ideológicas  da  pseudociência,  do  irracionalismo  e  do fundamentalismo religioso e a realidade que se contorce em rupturas e saltos. Nesse sentido, reivindicar o papel da ciência na desmistificação da realidade deve ser tarefa dos intelectuais nos espaços de construção do saber. É aceitando essa tarefa urgente, que esse dossiê se faz relevante.

  • Dossiê: Crise da educação em tempos de neoconservadorismo
    v. 2 n. 1 (2019)

    O dossiê "Crise da educação em tempos de neoconservadorismo" dá continuidade com o fluxo de publicações dos Cadernos do Gposshe On-line. O Grupo de Pesquisa Ontologia do Ser Social, História, Educação e Emancipação Humana (GPOSSHE) congrega diversos estudos do campo das ciências humanas, em particular da educação, da história e da questão social, a partir das coordenadas teóricas do humanismo, do historicismo concreto e da razão dialética. Nos últimos anos, presencia-se uma série contínua de ataques à educação brasileira em diversos países. No Brasil, o desmantelamento da educação associa-se aos interesses de setores vinculados ao mercado de serviços que está atrelado à lógica do capital de base financeirizada. As investidas contra a educação brasileira foram aceleradas depois do golpe de 2016: reforma do ensino médio, projeto Escola sem partido, cortes no financiamento da educação pública/estatal, reordenamento do Fies, proposta da terceira versão da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), dentre outras. Em acréscimo, o novo governo de Bolsonaro tende a aprofundar e fortalecer esse movimento neoconservador.

  • Dossiê: Lukács
    v. 1 n. 1 (2018)

    Com muita satisfação, o dossiê Lukács inaugura a publicação dos Cadernos do Gposshe On-line. O Grupo de Pesquisa Ontologia do Ser Social, História, Educação e Emancipação Humana (GPOSSHE) congrega diversos estudos do campo das ciências humanas, em particular da educação, da história e da questão social, a partir das coordenadas teóricas do humanismo, do historicismo concreto e da razão dialética. György Lukács (1885-1971) foi um dos mais importantes teóricos do marxismo no século XX e tem influenciado variadas pesquisas nos mais diversos campos do pensamento humano, como a filosofia, a estética, a educação, a política, etc., por isso Lukács já foi denominado o Galileu do século XX. A disposição intelectual de Lukács para avançar filosoficamente, por mais que o movimento de superação significasse a negação de suas próprias proposições, é um exemplo de seriedade científica e de respeito à imanência da realidade. É por este espírito que, nesta primeira edição, os Cadernos do Gposshe On-line, homenageiam o marxista húngaro György Lukács.