https://revistas.uece.br/index.php/CadernosdoGPOSSHE/issue/feed Cadernos do GPOSSHE On-line 2021-08-10T18:40:06-03:00 Frederico Jorge Ferreira Costa frederico.costa@uece.br Open Journal Systems <p><em>Os Cadernos do GPOSSHE On-line</em> são uma publicação semestral do Grupo de Pesquisa Ontologia do Ser Social, História, Educação e Emancipação Humana – GPOSSHE, que faz parte do Instituto de Estudos e Pesquisas do Movimento Operário – IMO. O GPOSSHE está vinculado ao Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (PPGE-UECE). Seu objetivo é tornar público artigos resultantes de estudos e pesquisas e abordem temas de ciências humanas, em particular de educação, história e questão social, a partir das coordenadas teóricas do humanismo, do historicismo concreto e da razão dialética. Também compõem o escopo da revista a publicação de resenhas de obras relevantes para os debates nas referidas áreas, sejam elas de autores(as) nacionais ou estrangeiros(as).</p> https://revistas.uece.br/index.php/CadernosdoGPOSSHE/article/view/6767 Globalização, Estado, políticas públicas e exclusão digital: interrelacionando conceitos 2021-08-10T18:40:06-03:00 Nelceia Margareth da Silva Figueiredo Chermont nelceia.chermont@aluno.uece.br Lia Machado Fiuza Fialho lia_fialho@yahoo.com.br <p>O texto trata acerca da interface entre conceitos importantes, tais como globalização, Estado, políticas públicas e Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação. O mote foi elaborar um ensaio como objetivo de discutir a interface entre a globalização e as TDIC, considerando as políticas públicas para sua universalização numa sociedade eminentemente capitalista. Fundamentado principalmente nos estudos de Bauman (2001; 2008), Souza (2003), Kenski (2007), Alves (2011) e Santana, Oliveira e Meira (2013). Discute-se que as TDIC fomentaram a globalização e a ampliação do sistema capitalista. Todavia, não reverberou em maior igualdade e justiça social, na contramão, o Estado não consegue assegurar a inclusão digital e, na lógica da acumulação do capital, parte considerável da população brasileira permanece sem conhecimento para fazer uso dos artefatos digitais e recursos para a sua aquisição ou acesso. Esse quadro de exclusão foi asseverado em tempos de pandemia causada pela Covid-19.</p> <p><strong>Palavras-chave</strong>: Estado democrático; Desigualdade social; Inclusão digital.</p> 2021-09-02T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Cadernos do GPOSSHE On-line https://revistas.uece.br/index.php/CadernosdoGPOSSHE/article/view/6739 Experiências formativas na universidade 2021-08-06T13:29:11-03:00 Kévila Walêssa Galdino da Silva kevilawalessag@gmail.com Jéssica Élen Saldanha de Amorim je107676@gmail.com Alane Danielly Bezerra da Silva daniellybezrr@gmail.com <p>Este estudo propõe apresentar reflexões sobre dois momentos formativos, realizados por meio do projeto ‘Escritas Dissidentes no Nordeste’, desenvolvido pelo Núcleo de Estudos sobre a Mulher Simone de Beauvoir (NEM), da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). A pesquisa é de cunho qualitativo, configurando-se como exploratória, pois propõe-se a analisar as discussões das lives intituladas como: ‘Corpo Livre: Repensando Padrões Patriarcais de Beleza e Pressão Estética’ e ‘Lesbianidades Plurais e Escritas Sobre o Corpo Lésbico’. Foi utilizado como aporte teórico os autores Gil (2002), Hooks (2018) e Wolf (1992). Os resultados indicaram que o projeto proporciona espaços para autores apresentarem suas obras e experiências, promovendo um resgate autoral e bibliográfico dentro do âmbito acadêmico, conscientizando o público sobre os problemas da padronização dos corpos ocasionados pelo patriarcado, e as possíveis causas da invisibilidade da mulher lésbica na sociedade.</p> <p><strong>Palavras-chave</strong>: História; Memória; Educação não formal; Congo.</p> 2021-09-02T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Cadernos do GPOSSHE On-line