O marxismo como teoria social crítica, a pesquisa e o ensino de história

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33241/cadernosdogposshe.v6i1.8224

Palavras-chave:

Marxismo, Teoria social crítica, Ensino de história, Pesquisa histórica

Resumo

Neste artigo, analisamos o marxismo como teoria social crítica e recuperamos experiências nas quais o legado marxista mostrou-se efetivo como ferramenta nos terrenos do ensino e da pesquisa histórica. Nessa perspectiva, ressaltamos que dificilmente os fatos históricos recentes podem prescindir da teoria e dos métodos de abordagens do marxismo. Para a História, a concepção de Marx parece representar uma ferramenta de ampla utilidade, não apenas no que toca à especificidade do ensino, mas, também, no que concerne ao seu reconhecimento como fator relevante junto à comunidade de pesquisadores

Biografia do Autor

Fábio José Cavalcanti de Queiroz, Universidade Regional do Criri, URCA

Pós-Doutor em Educação pela Universidade Federal do Ceará – UFC. Professor adjunto da Universidade Regional do Cariri, atuando na graduação e pós-graduação (ProfHistória). Pesquisador nos seguintes grupos: Ontologia do Ser Social, História, Educação e Emancipação Humana – GPOSSHE/UECE; Núcleo de Estudos em História Social e Ambiente - NEHSA – URCA; eixo Marxismo, Teoria Crítica e Filosofia da Educação - Linha Filosofia e Sociologia da Educação – FILOS/UFC e no grupo de pesquisa Núcleo de Estudos Sociais, Políticos e Econômicos – NESPE, da Universidade Federal do Ceará

Referências

BLOCH. Marc. Apologia da história ou o ofício do historiador. Tradução André Telles. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001.

BURKE, Peter. História e teoria social. Tradução Klaus Brandini Gerhardt, Roneide Venâncio Majer. São Paulo: Editora UNESP, 2002.

GRAMSCI, Antonio. Concepção dialética da história. 7. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1987.

HOBSBAWM, Eric. Sobre história. Tradução Cid Knipel Moreira. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

MARX, Karl. Teses sobre Feuerbach. In: MARX, Karl; ENGELS, Friederich. A ideologia alemã. Tradução de Marcelo Backes. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007, p. 611-613.

MARX, Karl. Marx a P. V. Annenkov. In: MARX, Karl; ENGELS, Friederich. Cartas sobre o capital. Tradução de Leila Escorsim. São Paulo: Expressão Popular, 2020a, p.52-64.

MARX, Karl. Marx a Ludwig Kugelmann. In: MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Cartas sobre o capital. Tradução de Leila Escorsim. São Paulo: Expressão Popular, 2020b, p. 192.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Manifesto do Partido Comunista. 3. ed. São Paulo: Sundermann, 2017.

THOMPSON, Edward Palmer. As peculiaridades dos ingleses e outros artigos. Organização de Antônio Luigi Negro e Sérgio Silva. 2. ed. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2012.

Downloads

Publicado

2022-04-24

Como Citar

QUEIROZ, F. J. C. de. O marxismo como teoria social crítica, a pesquisa e o ensino de história. Cadernos do GPOSSHE On-line, [S. l.], v. 6, n. 1, 2022. DOI: 10.33241/cadernosdogposshe.v6i1.8224. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/CadernosdoGPOSSHE/article/view/8224. Acesso em: 16 maio. 2022.

Edição

Seção

Fluxo Contínuo