Currículo e cultura

a emergência de currículos interculturais pós BNCC

Autores

  • Adimara Fogaça Pereira Fernandes Universidade do Estado da Bahia
  • Ana Lídia Pereira de Barros Universidade do Estado da Bahia
  • Priscila Maria Borges Gomes Silva Borges Gomes Silva

DOI:

https://doi.org/10.33241/cadernosdogposshe.v4iUnico.6735

Resumo

O artigo trata de um recorde teórico da pesquisa Caderno de orientações para a construção de currículos interculturais na Educação Infantil: estratégias subversivas à BNCC em desenvolvimento no Programa de Pós-graduação em Ensino, Linguagem e Sociedade – PPGELS e tem como finalidade discutir a inserção do multiculturalismo e diversidade cultural no currículo da Educação Básica pós Base Nacional Comum Curricular - BNCC, compreendendo a BNCC como principal documento normativo de padronização/centralização curricular, documento esse resultante de ações de políticas neoliberais. O estudo é uma pesquisa qualitativa que se utiliza do método de revisão de literatura para a produção de dados. Foram analisadas produções dos pesquisadores, Candau (2008), Hooks (2013) e Moreira e Candau (2003), as quais evidenciaram a relevância da elaboração de currículos e práticas pedagógicas em uma perspectiva intercultural objetivando uma educação libertadora.

Palavras-chave: Currículo; Educação Básica; BNCC; Diversidade cultural; Políticas neoliberais. 

Biografia do Autor

Ana Lídia Pereira de Barros, Universidade do Estado da Bahia

Mestranda em Ensino, Linguagem e Sociedade – PPGELS, Universidade do Estado da Bahia, Campus Caetité. Graduada em Pedagogia pela Universidade do Estado da Bahia, pesquisadora na área de mulheres quilombola. Foi pesquisadora na iniciação cientifica e monitora bolsista da Residência pedagógica na Universidade do Estado da Bahia – Campus XII.

Priscila Maria Borges Gomes Silva, Borges Gomes Silva

Mestranda em Ensino, Linguagem e Sociedade – PPGELS, Universidade do Estado da Bahia, Campus Caetité. Professora da rede estadual da Bahia no Centro Territorial Profissional da Bacia do Paramirim (Macaúbas-Bahia) e especializada em psicopedagogia pela Universidade Norte do Paraná – UNOPAR.

Referências

ARAUJO, Aldevane de Almeida; SOARES, Emanoel Luis Roque. Identidade e relações étnico-raciais na formação escolar. Rev. Pemo, Foraleza, v. 1, n.1, p. 1-14, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3628. Acesso em: 01 jul. 2021.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Educação é a Base. Brasília, MEC/CONSED/UNDIME, 2017. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf. acesso em: 24 jun. 2020.

CANDAU, Vera Maria Ferrão (coord.) Somos todos iguais? Escola, discriminação e educação em direitos humanos. Rio de Janeiro, DP&A, 2003.

CANDAU, Vera Maria. Direitos humanos, educação e interculturalidade: As tensões entre igualdade e diferença. Revista Brasileira de Educação. V.13, n.37. jan./abr.2008. Disponível em: <https://www.scielo.br/pdf/rbedu/v13n37/05.pdf>. Acesso em: 20 set. 2020.

CANDAU, Vera Maria Ferrão. Escola, inclusão social e diferenças culturais. XVI Encontro Nacional de Didática e Práticas de Ensino, ENDIPE - 23 a 26 de julho de 2012, FE/UNICAMP, Campinas. Disponível em: http://endipe.pro.br/ebooks-2012/0019s.pdf. Acesso em 01 set.2020.

CAPUTO, Stela Guedes. Artefatos nas redes educativas dos cotidianos de terreiros de Candomblé nas relações possíveis com as escolas: discutindo as noções de tradição, cultura e identidade. In LIBÂNEO, José Carlos; ALVES, Nilda (orgs.). Temas de pedagogia: diálogos entre didática e currículo. São Paulo: Cortez, 2012. p. 127-151.

CARVALHO, Daniela Melo da Silva; FRANÇA, Dalila Xavier de. Estratégias de enfrentamento do racismo na escola: Uma revisão integrativa. Revista Educação & Formação, Fortaleza, v. 4, n. 12, p.148-168. 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/974. Acesso em: 01 jul. 2021.

FREITAS, Raquel Aparecida Marra da Madeira. A cultura escolar como uma questão didática. In LIBÂNEO, José Carlos; ALVES, Nilda (orgs.). Temas de pedagogia: diálogos entre didática e currículo. São Paulo: Cortez, 2012. p. 127-151.

HOOKS, Bell. Ensinando a transgredir: A educação como prática da liberdade. Tradução de Marcelo Brandão Cipolla. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2013.

LOPES, Alice Cassimiro; MACEDO, Elizabeth. Currículo e Cultura: O lugar da ciência. In LIBÂNEO, José Carlos; ALVES, Nilda (orgs.). Temas de pedagogia: diálogos entre didática e currículo. São Paulo: Cortez, 2012. p. 125-161.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (org.). Pesquisa Social. Teoria, método e criatividade. 18 ed. Petrópolis: Vozes, 2011.

MIRANDA, Eduardo Oliveira. Corpo-território & educação decolonial: proposições afro-brasileiras na invenção da docência. Salvador: EDUFBA, 2020.

MOREIRA, Antônio Flávio; CANDAU, Vera Maria. Educação escolar e cultura(s): construindo caminhos. Rev. Bras. Educ. no.23 Rio de Janeiro May/Aug. 2003. Disponível em:<https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S141324782003000200012&lang=pt>. Acesso em: 23 set. 2020.

WILLIANS, Raymond. Cultura e materialismo. tradução André Glaser. São Paulo. Editora Unesp. 2011.

Downloads

Publicado

2021-09-02

Como Citar

Fogaça Pereira Fernandes, A., Pereira de Barros, A. L. ., & Borges Gomes Silva, P. M. . (2021). Currículo e cultura: a emergência de currículos interculturais pós BNCC. Cadernos Do GPOSSHE On-Line, 4(Unico). https://doi.org/10.33241/cadernosdogposshe.v4iUnico.6735

Edição

Seção

Demanda Contínua