A consolidação das avaliações em larga escala no cenário educacional brasileiro

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33241/cadernosdogposshe.v8i1.11188

Palavras-chave:

Políticas Educacionais, Avaliação em larga escala, Sistema Capitalista

Resumo

Pensando a relação do Brasil com órgãos internacionais e a implicação dessa relação nas políticas educacionais, objetivamos compreender como as avaliações em larga escala influenciam a educação brasileira. No que tange ao arcabouço teórico-metodológico, a pesquisa é de caráter qualitativo (MINAYO, 2016; GATTI, 2006), tendo como técnica de coleta a investigação bibliográfica (BARROS, 2011). Utilizaremos a literatura de autores como Afonso (2009), Lima & Gandin (2019) e Pereira (2017). A partir da análise, observamos que as políticas educacionais voltadas às avaliações não são neutras, estando carregadas de ideologias que atendem aos anseios do sistema capitalista. Os órgãos internacionais financiam tais ações no Brasil e no mundo com um viés liberal, onde o intuito é capacitar mão de obra para o trabalho assalariado.  

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Davison da Silva Souza, Universidade Estadual do Ceará

Pedagogo formando pela Universidade Estadual do Ceará (UECE), educando do Mestrado Acadêmico Intercampi em Educação e Ensino (MAIE-UECE), professor alfabetizador da Rede Municipal de Educação de Fortaleza-CE e compõe a coordenação do Coletivo Mapinduzi vinculado ao Curso de pedagogia da UECE.

Maria Aparecida Alves da Costa, Universidade Estadual do Ceará

Mestra e Doutora em Educação pela Universidade Estadual do Ceará. Pedagoga pela Universidade Estadual do Piauí. Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará. Integrante do grupo de Pesquisas Práticas Educativas Memórias e Oralidades.

Cícera Mônica Rodrigues da Silva, Universidade Estadual do Ceará

Graduada em História pela Universidade Regional do Cariri (URCA); Mestranda em Educação e Ensino pela Universidade Estadual do Ceará; Bolsista da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNCAP); Pesquisadora do Núcleo de Pesquisa em Ensino, História e Cidadania (NUPHISC).

Débora Thaís Rodrigues Nunes, Universidade Estadual do Ceará

Graduada em História pela Universidade Estadual do Ceará - FAFIDAM. Mestranda em Educação MAIE - UECE. Bolsista FUNCAP.

Referências

AFONSO, Almerindo Janela. Nem tudo o que conta em educação é mensurável ou comparável. Crítica à accountability baseada em testes estandardizados e rankings escolares. Revista lusófona de Educação, v. 1, n. 13, p. 13-29, 2009. Disponível em: https://revistas.ulusofona.pt/index.php/rleducacao/article/view/545. Acesso em: 27 jul. 2023.

ARROYO, Miguel. Ofício de mestre: imagens e autoimagens. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2013.

ARROYO, Miguel. Currículo, território em disputa. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013.

BARROS, José D’Assunção. O Projeto de Pesquisa em História. Petrópolis: Vozes, 2011.

BRITO, Lúcia Helena de; LIMA, Lydyane Maria Pinheiro de; SILVA, Sirneto Vicente da. Formação de professores e prática docente: uma reflexão à luz do pensamento crítico marxista. Revista Dialectus, v. 1, n. 10, p. 150-168, 2017. Disponível em: http://periodicos.ufc.br/dialectus/article/view/19925. Acesso em: 27 jul. 2023.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2021.

GATTI, Bernardete. A pesquisa em educação: considerações sobre alguns pontos-chave. Diálogo educacional, Paraná, v. 6, n. 9, p. 25-35, set/out, 2006

LIMA, Iana Gomes De; GANDIN, Luis Armando. O contexto da consolidação das avaliações em larga escala no cenário brasileiro. Educ. Soc, v. 40, n. 1, p. 1-27, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/j/es/a/JQb6tbtLbWqdth8kTswxmJh/. Acesso em: 27 jul. 2023.

LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da aprendizagem escolar: estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 1999.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (org). Pesquisa Social. Teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 2016.

MOCHCOVITCH, Luna Galano. Gramsci e a Escola. 3. ed. Série Princípios. São Paulo: Editora Ática, 1992.

PEREIRA, Otaviano. O que é teoria. São Paulo: Brasiliense, 1982.

PEREIRA, Rodrigo da Silva. A política de competências e habilidades: relações educacionais entre Brasil e OCDE. In: XXXVIII Reunião Nacional da ANPEd. UFMA – São Luís/MA.

PONCE, Aníbal. Educação e Luta de Classes. 18ed. São Paulo: Cortez, 2001.

Downloads

Publicado

2024-06-18

Como Citar

SOUZA, D. da S.; COSTA, M. A. A. da; SILVA, C. M. R. da; NUNES, D. T. R. A consolidação das avaliações em larga escala no cenário educacional brasileiro . Cadernos do GPOSSHE On-line, [S. l.], v. 8, n. 1, 2024. DOI: 10.33241/cadernosdogposshe.v8i1.11188. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/CadernosdoGPOSSHE/article/view/11188. Acesso em: 12 jul. 2024.

Edição

Seção

Fluxo Contínuo