Uma entrevista com Judith Kroll

A trajetória dos estudos em acesso lexical bilíngue e os direcionamentos para o futuro das pesquisas

Autores

  • Luciana de Souza Brentano Universidade da Califórnia, Irvine - UCI https://orcid.org/0000-0001-9808-0691
  • Judith Kroll Universidade da Califórnia, Irvine - UCI

DOI:

https://doi.org/10.46230/2674-8266-13-7343

Palavras-chave:

Bilinguismo, Acesso lexical, Cognição

Resumo

Este trabalho é uma entrevista realizada na Califórnia, com a pesquisadora e psicolinguista Judith Kroll, que tem um trabalho muito respeitado em todo o mundo, sobre Bilinguismo e Cognição. Ela nos conta sobre a sua trajetória nas pesquisas em bilinguismo, sobre o que já descobrimos sobre a cognição bilíngue, através dos estudos que têm sido conduzidos nos últimos 30 anos, aponta os direcionamentos para a continuidade da pesquisa nesta área. Judith Kroll tem vários prêmios internacionais enquanto pesquisadora e ela coordena um famoso laboratório de pesquisas internacionais, na Universidade da Califórnia, Irvine, chamado Bilingualism, Mind, and Brain Lab. Neste segundo semestre de 2021 tive a oportunidade de realizar meu doutorado-sanduíche na Universidade da Califórnia, junto a essa brilhante pesquisadora, e aprendi muito sobre pesquisas em bilinguismo e cognição, objetivando trazer este conhecimento ao Brasil, para compartilhar com professores e pesquisadores da área da psicolinguística do bilinguismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana de Souza Brentano, Universidade da Califórnia, Irvine - UCI

É doutoranda em Psicolinguística na UFRGS e fez doutorado sanduíche na universidade da Califórnia junto à professora Dra. Judith Kroll. Participa do laboratório de pesquisas Bilingualism, Mind, and Brain, da dra. Judith Kroll e do Laboratório de Bilinguismo e Cognição da UFRGS, coordenado pela Dra. Ingrid Finger. É professora de pós-graduação na área do bilinguismo e cognição. Conta com o apoio do CNPq para a realização desse trabalho.

Judith Kroll, Universidade da Califórnia, Irvine - UCI

A doutora Judith Kroll é psicolinguista e tem vários prêmios internacionais enquanto pesquisadora. É professora na universidade da Califórnia, Irvine, e coordena um famoso laboratório de pesquisas internacionais, na mesma Universidade, chamado Bilingualism, Mind, and Brain lab.

Referências

Beatty-Martinez, A.L. Titone, D.A.(2021) The Quest for Signals in Noise: Leveraging Experiential Variation to Identify Bilingual Phenotypes, Languages,6,168.

Gullifer & Titone. (2020). Characterizing the social diversity of bilingualism using language entropy. Bilingualism: Language and Cognition.

Kroll, J.F., Stewart, E. (1994). Category Interference in Translation and Picture Naming: Evidence for Asymmetric Connections Between Bilingual Memory Representations, 1994.

Pierce, L. J., Klein, D., Chen, J. K., Delcenserie, A., & Genesee, F. (2014). Mapping the unconscious maintenance of a lost first language. Proceedings of the National Academy of Sciences, 111(48), 17314-1731.

Potter, M. C., So, K.-f., von Eckardt, B., & Feldman, L. B. (1984). Lexical and conceptual representation in beginning and proficient bilinguals. Journal of Verbal Learning & Verbal Behavior, 23(1), 23–38. https://doi.org/10.1016/S0022-5371(84)90489-4

Downloads

Publicado

2022-03-11

Como Citar

BRENTANO, L. de S.; KROLL, J. Uma entrevista com Judith Kroll: A trajetória dos estudos em acesso lexical bilíngue e os direcionamentos para o futuro das pesquisas. Revista Linguagem em Foco, Fortaleza, v. 13, n. 4, p. 11–21, 2022. DOI: 10.46230/2674-8266-13-7343. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/linguagememfoco/article/view/7343. Acesso em: 16 maio. 2022.