Gêneros e sexualidades no PNLD literário 2020 para os anos finais do ensino fundamental

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46230/2674-8266-15-5189

Palavras-chave:

PNLD 2020, Literatura, Estereótipo, Heteronormatividade, Educação

Resumo

O discurso difundido pelos livros juvenis, distribuídos nas escolas públicas pelo Governo Federal, tem contribuído para o silenciamento da diversidade de gênero e sexualidade na escola. Para refletir sobre os limites desse silenciamento, analisamos três obras literárias indicadas pelo Programa Nacional do Livro Didático - PNLD Literário 2020, para as séries de 8º e 9º anos. As obras selecionadas foram: Chapeuzinho Esfarrapado e outros contos feministas do folclore mundial (2018), Extraordinárias: mulheres que revolucionaram o Brasil (2018) e Exercício de Amor (2018). Buscamos investigar em tal contexto em que medida essas literaturas contribuem ou não com o desmonte de preconceitos e estereótipos heteronormativos entre os leitores. A partir da leitura das obras realizou-se a análise das narrativas, com foco nas características das personagens e na construção e evolução dos enredos. Foram utilizadas as ferramentas dos delineamentos documental e bibliográfico, articulando-os às teorias da crítica literária numa perspectiva pós-crítica de análise. Nesse devir, sustentamo-nos teórico-metodologicamente, em especial, nos estudos de gênero de Butler (2017) e em pesquisas no campo de literaturas LGBTQIA+ de dois pesquisadores e autores: Lúcia Facco (2009) e José Silvério Trevisan (2018). Após a análise, constatamos que os enredos das obras selecionadas, descrevem homens e mulheres, meninos e meninas de muitos tipos. Todas as protagonistas, de uma maneira ou de outra, têm papéis ativos, tomam decisões, escolhem seus destinos. No entanto, apenas uma delas abordava diretamente a temática LGBTQIA+.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Graziela Pinho Rezende, Universidade Estadual de Santa Cruz - UESC

Mestra em Letras: Linguagens e Representações pela Universidade Estadual de Santa Cruz - UESC Ilhéus/BA (2020). Professora efetiva da Rede Municipal de Ensino de Santa Cruz Cabrália, Bahia, Brasil. Atualmente coordenadora do Ensino Fundamental-Anos Finais da Rede Municipal de Ensino de Santa Cruz Cabrália, Bahia.

Valéria Amim, Universidade Estadual de Santa Cruz - UESC

Doutora em Cultura e Sociedade da FACOM/UFBA. Professora plena do curso de Comunicação Social do Departamento de Letras e Artes da Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC, professora do Programa de Pós-graduação de Linguagens e Representações do DLA/UESC, pesquisadora do Núcleo de Estudos Afro-Baianos Regionais – KÀWÉ, Ilhéus, Bahia, Brasil.

Referências

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Básica. Guia Digital PNLD Literário – Ensino Fundamental Anos Finais. Brasília, DF: MEC/SEF, 2020.

BUTLER, Judith P. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Trad. Renato Aguiar. 15. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2017.

DELEUZE, Gilles; GUATARRI, Felix. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia. Trad. Suely Rolnik. Vol. 4. Rio de Janeiro: Editora 34, 1997.

FACCO, Lúcia. Era uma vez um casal diferente: a temática homossexual na educação literária infanto-juvenil. São Paulo: Summus, 2009.

JESUS, Jaqueline Gomes. Orientações sobre identidade de gênero: conceitos e termo. 2. ed. Brasília 2012. Disponível em: https://www.diversidadesexual.com.br/wp-content/uploads/2013/04/G%C3%8ANERO-CONCEITOS-E-TERMOS.pdf. Acesso em: 15 maio 2020.

KOTHE, Flávio René. O cânone colonial: ensaio. Brasília: Editora UnB, 1997.

MURRAY, Roseana. Exercício de amor. 2. ed. Belo Horizonte, MG: Lê, 2018.

PHELPS, Ethel Johnston. Chapeuzinho Esfarrapado e outros contos feministas do folclore mundial. Tradução de Júlia Romeu. Ilustração de Bárbara Malagoli. 1. ed. Paranaguá: A Página Store, 2018.

RICH, Adrienne. Heterossexualidade compulsória e existência lésbica. Trad. Carlos Guilherme do Vale. [1980]. Bagoas: estudos gays, gêneros e sexualidades, Natal - RN, v. 4, n. 5, jan./jun. 2010, p. 17-44. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/bagoas/article/view/2309. Acesso em: 18 maio 2017.

SEDGWICK, Eve Kosofsky. A epistemologia do armário. Trad. Plínio Dentzien, Cadernos Pagu, Campinas, n. 28, p. 19-54, jan-jun/2007. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-83332007000100003

SOUZA, Duda Porto de. Extraordinárias: mulheres que revolucionaram o Brasil – 3. ed. São Paulo: Seguinte, 2018.

TREVISAN, João Silvério. Devassos no paraíso: a homossexualidade no Brasil, da colônia à atualidade. Rio de Janeiro: Objetiva, 2018.

Downloads

Publicado

2023-04-07

Como Citar

REZENDE, G. P.; AMIM, V. Gêneros e sexualidades no PNLD literário 2020 para os anos finais do ensino fundamental. Revista Linguagem em Foco, Fortaleza, v. 15, n. 1, p. 132–151, 2023. DOI: 10.46230/2674-8266-15-5189. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/linguagememfoco/article/view/5189. Acesso em: 25 jul. 2024.