UMA ABORDAGEM CULTURAL DAS METAFORAS ANIMAIS: A RELAÇÃO ENTRE TEORIA SOCIOBIOLÓGICA E O GÊNERO DA EXPRESSÃO CONVENCIONAL ‘CABRA’

  • Fernanda Cavalcanti UERJ
Palavras-chave: Variação de gênero, Cabra, Situamento sociocultural, Teorias biológicas acerca da natureza humana

Resumo

Este artigo aborda a relação entre teorias biológicas acerca da natureza humana e as metáforas animais. Para tanto, promove-se discussão acerca da expressão convencional ‘cabra’, especialmente a sua variação de gênero, tendo em vista que tal expressão é usada, sobretudo, no Nordeste do Brasil, para se referir a animal de gênero feminino e a homem. Nessa perspectiva, analisam-se, à luz dos postulados da Teoria da Metáfora Conceptual, em especial Goatly (2007), dados levantados a partir das definições dos primeiros dicionários gerais de língua portuguesa (BLUTEAU, 1712; SILVA, 1823) e contemporâneos (HOUAISS, 2008; FERREIRA, 2010), além de definições de dicionários etimológicos (MACHADO, 1952). Observa-se a forte influencia da teoria sociobiológica estruturando o conceito de tal expressão bem como a sua variação de gênero.

Publicado
2019-02-24