O Estado brasileiro sob Bolsonaro

neoliberalismo, neofacismo e fundamentalismo

Autores

  • Wagner Pires da Silva UFCA
  • Erlene Universidade Federal do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.33241/cadernosdogposshe.v4iUnico.6709

Resumo

Eleito em 2018, após manobras jurídicas que impediram a candidatura de Lula da Silva, líder nas pesquisas, Bolsonaro, levou ao governo não apenas uma política econômica neoliberal, mas o interesse de diversos grupos que o apoiaram durante a campanha eleitoral. A guinada conservadora somada ao corte de programas sociais, as reformas que retiram direitos da população e a grave pandemia do COVID-19, refletiram na baixa popularidade, mas ainda há apoiadores fiéis ao presidente e ao seu projeto. Este trabalho analisa a ascensão do bolsonarismo e a persistência desses apoios, no momento em que é cada vez maior a insatisfação com o governo.

Biografia do Autor

Erlene, Universidade Federal do Ceará

Pedagoga pela Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Graduanda em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Ceará

Referências

ANTUNES, Ricardo; PINTO, Geraldo Augusto. A fábrica da educação: da flexibilização taylorista à flexibilização toyotista. São Paulo: Editora Cortez, 2017.

BLYTH, Mark. Austeridade: a história de uma ideia perigosa. São Paulo: Autonomia Literária, 2017.

BOITO JR, Armando. Por que caracterizar o bolsonarismo como neofascismo? Revista Crítica Marxista, n.50, p. 111-119, 2020.

CASARA, Rubens R R. Bolsonaro: o mito e o sintoma. São Paulo: Editora Contracorrente, 2020.

CHAUÍ, Marilena. Escritos sobre a universidade. São Paulo: Editora Unesp, 2001.

CHAUÍ, Marilena. O ser humano é um ser social. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2013.

COGGIOLA, Osvaldo. Haiti: terremoto, colonização e resistência. O Olho da História, n. 14, Salvador (BA), junho de 2010.

DARDOT, Pierre; LAVAL, Christian. A Nova Razão do mundo: ensaio sobre a sociedade neoliberal. São Paulo: Boitempo, 2016.

DEMIER, Felipe. Depois do golpe: a dialética da democracia blindada no Brasil. Rio de Janeiro: Mauad X, 2017.

DOMINGUES, Ivan. O trabalho e a técnica. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2016.

DURANS, Cláudia Alves; SANTOS, Rosenverck Estrela. HAITI: significado histórico, realidade e perspectivas. Revista de Políticas Públicas, pp. 127-133, São Luís, 2016

ENGELS, Friedrich. Sobre a importância da luta política. In: Trabalhadores, uni-vos: Antologia política da I Internacional. Org.: Marcello Musto. São Paulo: Boitempo, 2014

IANNI, Octavio. Capitalismo, violência e terrorismo. Rio de janeiro: Civilização Brasileira, 2004.

LÊNIN, Vladímir Ilitch. O Estado e a Revolução: a doutrina do marxismo sobre o Estado e as tarefas do proletariado na revolução. São Paulo: Boitempo Editorial, 2017

LESSA, Sérgio; TONET, Ivo. Introdução à filosofia de Marx. São Paulo: Expressão Popular, 2011.

MARTINS, José Antônio. Filosofia Política. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2015.

MARX, Karl. O 18 Brumário de Luís Bonaparte. In: Manuscritos econômicos filosóficos e outros textos escolhidos – Volume II. Trad. José Carlos Bruni. São Paulo: Editora Nova Cultural, 1988.

MARX, Karl. Miséria da filosofia. São Paulo: Martin Claret, 2008

MARX, Karl. Sobre a comuna. In: Trabalhadores, uni-vos: Antologia política da I Internacional. Org.: Marcello Musto. São Paulo: Boitempo, 2014

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. A Ideologia Alemã. Trad. Frank Müller. Sumaré/SP: Martin Claret, 2006

MARX, Karl; ENGELS Friedrich. Manifesto do Partido Comunista. São Paulo: Edipro, 2015.

MASCARO, Alysson Leandro. A crítica do Estado e do direito: a forma política e a forma jurídica. In: Curso livre Marx-Engels: a criação destruidora. Org. José Paulo Netto. São Paulo: Boitempo, Carta Maior, 2015

OLIVEIRA, Lilian Haffner da Rocha. A teoria do valor em Marx e a organização do trabalho coletivo na escola: elementos para uma reflexão crítica. In: A teoria do valor em Marx e a educação. Org. Vítor Henrique Paro. São Paulo: Cortez Editora, 2006

REIS, Daniel Aarão. Notas para compreensão do Bolsonarismo. Estudos Ibero-Americanos, Porto Alegre, v. 46, n. 1, p. 1-11, jan.-abr. 2020

RIBEIRO, Guilherme. Entre armas e púlpitos: a necropolítica do Bolsonarismo. Revista Continentes (UFRRJ), ano 9, n. 16, p. 463-485, 2020.

SANDEL, Michael J. O que o dinheiro não compra: os limites morais do mercado. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2012.

SILVA, Christian Luiz da; BASSI, Nadia Solange Schmidt. Políticas públicas e desenvolvimento local. In: Políticas Públicas e desenvolvimento local: instrumentos e proposições de análise para o Brasil. Christian Luiz da Silva (org). Petrópolis, RJ: Vozes, 2012.

SILVA, Wagner Pires da; BARBOSA, Erlene Pereira. Austeridade e neoliberalismo no Brasil pós-golpe. Rev. Sítio Novo, Palmas, v. 4 n. 3 p. 336-347 jul./set. 2020

TRAGTENBERG, Maurício. Administração, poder e ideologia. São Paulo: Editora UNESP, 2005

Downloads

Publicado

2021-09-03

Como Citar

Silva, W. P. da, & Pereira Barbosa, E. (2021). O Estado brasileiro sob Bolsonaro: neoliberalismo, neofacismo e fundamentalismo . Cadernos Do GPOSSHE On-Line, 4(Unico). https://doi.org/10.33241/cadernosdogposshe.v4iUnico.6709

Edição

Seção

Demanda Contínua

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)