O dilema dos anos 1990: o que fazer com o nacionalismo em países pós-comunistas?

Autores

  • Miroslav Hroch

DOI:

https://doi.org/10.33956/tensoesmundiais.v3i5%20jul/dez.717

Palavras-chave:

nacionalismo, pós-comunistas

Resumo

O ensaio se dirige aos intelectuais que consideram os países pós-comunistas como focos de um nacionalismo irracional. São apontados mal-entendidos terminológicos e metodológicos acerca do uso da palavra nacionalismo. Idéias sobre interesses nacionais reais ou parcialmente imaginados acompanham a existência de todas as nações. O tipo prevalecente de formação nacional na Europa Central e Oriental ocorreu através de movimentos nacionais, iniciados por um grupo étnico não dominante. Este processo resultou em algumas características típicas dos cidadãos de “pequenas nações”.

Publicado

2022-03-16

Como Citar

HROCH, M. O dilema dos anos 1990: o que fazer com o nacionalismo em países pós-comunistas?. Tensões Mundiais, [S. l.], v. 3, n. 5, p. 10–29, 2022. DOI: 10.33956/tensoesmundiais.v3i5 jul/dez.717. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/717. Acesso em: 16 maio. 2022.