https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/issue/feed Tensões Mundiais 2022-05-01T00:34:16-03:00 Mônica Dias Martins monica.martins@uece.br Open Journal Systems <p><strong><em>Tensões Mundiais </em></strong>é vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Sociologia e ao Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas da Universidade Estadual do Ceará.&nbsp; Desde 2005 a revista divulga produções da rede de pesquisa Observatório das Nacionalidades, de pesquisadores brasileiros e estrangeiros. Dedica-se à livre e gratuita divulgação acadêmica interdisciplinar, publicando trabalhos relativos ao tema “nações e nacionalismos” e à dinâmica multifacetária que lhe é inerente: as relações entre sociedades e Estados, as mudanças nos instrumentos de força e os processos culturais. Nosso objetivo é renovar o debate sobre o principal fenômeno político e cultural da modernidade: a emergência e a afirmação das nações na chamada "ordem internacional".</p> <p>ISSN Eletrônico:&nbsp;1983-5744</p> <p>ISSN Impresso: 1809-3124</p> <p>Qualis CAPES 2017-2020: A2 Ciência Política e Relações Internacionais</p> <p>Prefixo DOI: 10.33956</p> https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/7362 Nacionalidade, crioulização e literatura em Cabo Verde 2021-11-29T17:20:25-03:00 Wesley Sousa Sampaio wesley.sampaio@aluno.uece.br Mônica Dias Martins monica.martins@uece.br <p>O artigo reflete sobre a nacionalidade e o colonialismo, partindo da categoria de<br />“crioulização” presente na literatura cabo-verdiana. Analisa sua origem e contribuição para a formação de um “mito de origem”. Observa a nacionalização na África e sua relação com a dominação portuguesa e as políticas póscoloniais. Por fim, apresenta<br />contribuições de diversos autores sobre nação, colonialismo e imaginação nacional.</p> 2022-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 CC Attribution 4.0 https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/7932 O Weda Kurruf ou “el viento malo” 2022-04-30T21:23:57-03:00 Patricia Lagos patricia.lagos@nottingham.ac.uk <p>Este artigo analisa o impacto que o trauma histórico e as novas forças sociais dominantes, como a globalização, tiveram na deterioração do bem-estar de Pewuenches no sul do Chile. Essa situação é particularmente evidente em grupos mais jovens, que viram um declínio em sua saúde mental na última década, com aumento de casos de suicídio entre adolescentes. Este artigo demonstrará até que ponto a violência histórica, a intervenção governamental e as políticas<br>educacionais impostas inseridas nas agendas globais são condições determinantes para esse problema.</p> 2022-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 CC Attribution 4.0 https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/7346 Consequências e legados do programa Fome Zero no Brasil 2021-11-26T17:11:05-03:00 Stefanie Andrade Prandi Mendes stefanie.prandi@gmail.com <p>Este artigo explica por que e como o Brasil escolheu uma abordagem de segurança alimentar para o Programa Fome Zero (PFZ), um programa reconhecido internacionalmente para acabar com a fome. A análise deste trabalho, usando a lente da Economia Política Cultural, mostra que devido a fatores semióticos e extra-semióticos, e<br />à interação dialética entre os dois, uma nova hegemonia foi criada na arena da governança alimentar no Brasil influenciada por imaginários sociais e econômicos dependentes de rotas prévias.</p> 2022-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 CC Attribution 4.0 https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/7910 Controle da corrupção 2022-02-03T21:06:58-03:00 Patricie Barricelli patricie.barricelli@yahoo.com.br <p>O artigo visa investigar os desafios e recomendações para o controle da corrupção a partir de um ponto de vista glocal da América Latina e baseia-se em análise bibliográfica e no método hipotético-dedutivo. Apresentaram-se os efeitos globais da corrupção, a percepção global da corrupção na América Latina, e os desafios e recomendações glocais. Concluiu-se pela relevância da percepção glocal na identificação de particularidades e questões comuns para criar respostas efetivas.</p> 2022-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 CC Attribution 4.0 https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/7899 Servicios de inteligencia de países de la OCDE ante el COVID-19 2022-02-01T04:02:09-03:00 Luis G. Arteaga-Suárez luisgarteagas@gmail.com <p>Este trabajo presenta una aproximación para analizar comparativamente a los 38 países<br />miembros de la Organización para<br />la Cooperación y el Desarrollo Económicos (OCDE) en cuanto<br />al desempeño gubernamental en<br />la atención de la pandemia por<br />COVID-19, tomando como punto de<br />partida la esencia de los servicios<br />de inteligencia para la seguridad<br />nacional.</p> 2022-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 CC Attribution 4.0 https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/3808 Fiat Panis 2021-03-03T19:55:45-03:00 Lorena Granja Hernández granjahernandezlorena@gmail.com Mauro Macedo Campos mauromcampos@yahoo.com.br Caroline Saboia Rangel caroline.saboia@yahoo.com.br <p>O artigo busca compreender a atuação de organismos internacionais conjuntamente aos Estados nacionais para tratar problemáticas globais, como a Segurança Alimentar e Nutricional (SAN). Com o avanço da globalização, o papel dos regimes internacionais na conformação de políticas públicas tem tido crescente protagonismo. Apresentamos<br />uma sistematização das principais ações na trajetória de cooperação internacional entre a FAO e os países da região, com foco no Brasil.</p> 2022-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 CC Attribution 4.0 https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/7866 O combate à pobreza 2022-01-28T17:59:43-03:00 Diego Pautasso dgpautasso@gmail.com Isis Paris Maia isisparismaia@gmail.com Luciana Pazini Papi luppapi@yahoo.com.br <p>Em 2020, a China atingiu a meta de seu 13º Plano Quinquenal, retirando cerca de 850 milhões de pessoas da extrema pobreza. Pretendemos entender como se dá a convergência entre China e ONU na implementação dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio e da Agenda 2030. Temos como hipótese que o combate à pobreza na China<br />resulta de persistente modernização econômica, ao invés de programas sociais compensatórios. Desse modo, o país asiático confere legitimidade à erradicação da pobreza doméstica e à sua atuação diplomática global.</p> 2022-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 CC Attribution 4.0 https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/2309 Crianças refugiadas na Corte Europeia de Direitos Humanos 2021-12-02T17:16:00-03:00 Aline Memória de Andrade alinememoria@yahoo.com.br Tarin Cristino Frota Mont'Alverne tarinfmontalverne@yahoo.com.br <p>Examinamos a jurisprudência da Corte Europeia de Direitos Humanos quanto a casos envolvendo menores migrantes, considerando se a detenção destes é medida necessária ou xenofóbica. A metodologia utilizada foi levantamento bibliográfico e documental, além de análise jurisprudencial. Trata-se de problemática atual, pois<br />crianças refugiadas são uma constante nas migrações e requerem proteção especial, principalmente quando desacompanhadas. Concluímos que as detenções europeias de menores migrantes configuram xenofobia.</p> 2022-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 CC Attribution 4.0 https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/3974 Agenda 2063 2021-03-26T11:14:31-03:00 Guilherme Ziebell de Oliveira guilherme.ziebell@ufrgs.br Anselmo Otavio anselmo_otavio@yahoo.com.br <p>Criada na segunda década do século XXI, a Agenda 2063 é voltada ao desenvolvimento e à inserção internacional da África. O trabalho analisa suas principais características, a partir da classificação de seus objetivos em simbólicos e objetivos, avalia as aspirações e os avanços desta iniciativa, além de identificar potenciais desafios. Tendo como base trabalhos acadêmicos e documentos oficiais, especialmente da União Africana, esperase<br />demonstrar que, apesar dos resultados limitados, a iniciativa é promissora em<br />termos de possíveis transformações em âmbito continental.</p> 2022-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 CC Attribution 4.0 https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/4689 Guiné-Bissau, um “Narco-Estado”? 2021-10-15T21:48:03-03:00 Francisco Thiago Rocha Vasconcelos ft_rocha@yahoo.com.br Wanderson Lucas Souza Silva lucassktrap@gmail.com Nelsio Gomes Correia gomesnelsio@gmail.com Natchidjubutche Gomes gomesnatchi@gmail.com <p>O objetivo do presente artigo é analisar a classificação da Guiné-Bissau, país da África Ocidental, como um tipo particular de Estado frágil: o primeiro "Narco-Estado" africano. O texto consiste em uma revisão bibliográfica e documental que descreve e analisa o quadro explicativo fornecido pelos conceitos de Estado frágil, Estado falhado, Estado paralelo e Narco-Estado no âmbito das Relações Internacionais, Sociologia e Ciência Política.</p> 2022-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 CC Attribution 4.0 https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/4488 Notas sobre as políticas culturais nas humanidades 2020-12-29T20:07:26-03:00 Carolina Marques Henriques Ficheira carolinaficheira@gmail.com <p>Este artigo apresentará uma retrospectiva das políticas públicas criadas em torno do livro, leitura, literatura, bibliotecas e escrita e evidenciar os possíveis impactos da instabilidade política frente ao campo das humanidades, levando em consideração a capacidade leitora e escrita, a partir das políticas instituídas na ótica do setor cultural e os principais impactos na gestão e execução de programas&nbsp; a médio-longo prazo.</p> 2022-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 CC Attribution 4.0 https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/8251 Editorial 2022-04-30T19:28:46-03:00 Monica Dias Martins monica.martins@uece.br Alana Aline Pinheiro alana.aline.pinheiro@gmail.com 2022-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 CC Attribution 4.0 https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/6895 As Relações Internacionais e o marxismo 2021-08-27T14:59:03-03:00 Carlos Renato Ungaretti renato.ungaretti94@gmail.com <p>-</p> 2022-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 CC Attribution 4.0 https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/7204 A comunidade imaginada pelo Barão 2021-10-12T13:30:37-03:00 Maurício Gurjão Bezerra Heleno mauriciogurjao@gmail.com 2022-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 CC Attribution 4.0