GESTOS DE APONTAR E DÊIXIS: O DÊITICO “AQUI” EM DADOS MULTIMODAIS

  • Hayat Passos Ferraz Pinheiro UESB
Palavras-chave: Gestos de Apontar, Dêixis, Multimodalidade

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar comparativamente ocorrências mais e menos prototípicas dos Gestos de Apontar coocorrentes com o dêitico “aqui” em dados multimodais. Foram selecionadas 3 (três) ocorrências do dêitico “aqui”.  A ocorrência 1 está abrigada no Distributed Little Red Hen Lab; a ocorrência 2 foi coletada da Palestra TEDx “Felicidade é aqui e agora”; e a ocorrência 3 foi realizada por Lula em um dos vídeos do “Depoimento de Lula a Moro”. Para tanto, do ponto de vista teórico, recorremos aos estudos sobre Dêixis, ancorando-nos, principalmente, no conceito de Modelos Cognitivos Idealizados (LAKOFF, 1987) e de MCI da dêixis (MARMARIDOU, 2000). Posteriormente, discutimos a respeito dos Gestos de Apontar e dos Modos de Representação Gestual (KENDON, 2004); (CLARK, 2003); (GOODWIN, 2003) e (MÜLLER, 2013). E, por fim, discutimos a relação desses gestos com a dêixis. Do ponto de vista metodológico, desenvolvemos nossas análises baseando-nos no Sistema Linguístico de Notação Gestual (LASG) (BRESSEM et al., 2013) e nas Orientações para a Análise de Metáforas nos Gestos (MIG-G) (CIENKI, 2017). Os resultados demostraram que o Gesto de Apontar com Dedo Indicador Estendido para Baixo (PDPIF) foi predominante. Foi possível observar este gesto nas ocorrências mais prototípicas, menos prototípicas, e, também, em ocorrências categorizadas como “intermediárias”. Por fim, com as ocorrências menos prototípicas, estabelecemos uma relação explícita entre gestos e fala, e, como resultado, descrevemos as metáforas multimodais que emergiram.

Publicado
2019-02-24