Resenha do CORTINA, A. Aporofobia, a aversão ao pobre: um desafio para a democracia. São Paulo: Editora Contracorrente: 2020, 213 p.

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46230/2674-8266-15-10070

Palavras-chave:

Aporofobia, Xenofobia, Discurso, Aversão ao pobre

Resumo

O presente trabalho trata-se de uma resenha sobre o livro Aporofobia, a aversão ao pobre: um desafio para a democracia (2020), de autoria da filosofa espanhola Adela Cortina. Com o intuito de discutir questões acerca da fobia social contra a população desfavorecida economicamente e o uso dos discursos de ódio contra o sujeito pauperizado e afetado por aspectos excludentes diante de uma sociedade que teoricamente deveria fornecer direitos igualitários, mas que na prática continua a fomentar um sistema de extrema desigualdade. A resenha se propõe a expor características da rejeição ou repulsa ao pobre e suas conexões com outros problemas de ordem social como a xenofobia, o racismo e a desigualdade econômica. Além disso, a filósofa reflete sobre hipóteses práticas que mudariam a percepção social sobre a humanidade enquanto um único grupo, discutindo soluções desde as que remetem ao campo educacional até as do campo cientifico e por fim o texto concerne ao leitor reflexões sobre o estado de pobreza.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Paulo Santos Batista, Universidade Federal de Sergipe (UFS)

Mestrando em Estudos do Discurso pelo Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL) da Universidade Federal de Sergipe (UFS). Graduado em Letras Português pela Universidade Federal de Sergipe (UFS); São Cristóvão-SE, Brasil. E-mail: jotapsant1@gmail.com. Lattes: http://lattes.cnpq.br/7744660267455768 OrcID: https://orcid.org/0000-0002-8958-6436

 

Jocenilson Ribeiro, Universidade Federal de Sergipe (UFS)

Doutor em Linguística pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar); Professor Adjunto no Departamento de Letras Vernáculas da Universidade Federal de Sergipe (UFS), São Cristóvão, Sergipe, Brasil. E-mail: jonuefs@gmail.com. ORCID: http://orcid.org/0000-0001-8716-5059.

Referências

ALBUQUERQUE JÚNIOR, D. M. Xenofobia: medo e rejeição ao estrangeiro. São Paulo: Cortez, 2016.

CORTINA, A. Ciudadanos del mundo. Hacia una teoría de la ciudadanía. Alianza Editorial: Madrid, 1997.

CORTINA, A. Aporofobia, a aversão ao pobre: um desafio para a democracia. São Paulo: Editora Contracorrente, 2020.

DUNKER, C. Intolerância e cordialidade nos modos de subjetivação no Brasil. In: FANTINI, J. A. (org.). Raízes da Intolerância. São Carlos: EdUFSCar, 2014, p. 17-42.

FARIA, L. S. P.; KOPPER, M. Os rolezinhos e as metamorfoses do urbano no Brasil contemporâneo Anuário Antropológico [Online], v. 42 n. 2, 2017. Disponível em: http://journals.openedition.org/aa/2286. Acesso em:15 ago, 2022. DOI: https://doi.org/ 10.4000/aa.2286.

FOUCAULT, M. Doença Mental e Psicologia. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1984.

FOUCAULT, M. Em defesa da sociedade. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

FOUCAULT, M. As Palavras e as Coisas. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

FOUCAULT, M. A Arqueologia do saber. 7. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2008.

HOLANDA, S. B. de. Raízes do Brasil. 26. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

RIBEIRO, J. Xenofobia e intolerância linguística: discursos sobre estrangeiridade e hostilidade brasileira. Campinas-SP: Pontes, 2022.

SOUZA, J. A Elite do Atraso: da Escravidão à Lava Jato. São Paulo: LeYa Editorial, 2017.

Downloads

Publicado

2023-04-07

Como Citar

BATISTA, J. P. S.; RIBEIRO, J. Resenha do CORTINA, A. Aporofobia, a aversão ao pobre: um desafio para a democracia. São Paulo: Editora Contracorrente: 2020, 213 p. Revista Linguagem em Foco, Fortaleza, v. 15, n. 1, p. 265–273, 2023. DOI: 10.46230/2674-8266-15-10070. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/linguagememfoco/article/view/10070. Acesso em: 25 jul. 2024.

Edição

Seção

Resenhas