A Extinção da SECADI

um golpe fatal nas conquistas no campo da educação

Resumo

O referido texto trata-se das contribuições da professora Maciana de Freitas e Souza. Parte dos “impasses atuais da educação”.  Sinaliza a necessidade de “uma reflexão acerca das últimas ações do Ministério da Educação, em especial a extinção da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão – SECADI”. No que diz respeito a verdade metodológica, o trabalho utiliza a pesquisa documental com abordagem qualitativa. Extinguir a SECADI, não significa somente menos politica pública social para as populações do campo brasileiro. Significa mais do que isto. São medidas para destruir forças produtivas e assegurara as condições de (re)produção do capital.

Biografia do Autor

Celi Nelza Zulke Taffarel, Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Professora Titular da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia (FACED/UFBA).

Marize Souza Carvalho, Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Professora Adjunta da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia (FACED/UFBA).

Referências

ANFOPE. Anais do Encontro Nacional 2017. http://www.anfope.org.br/wp-content/uploads/2018/07/Anais-XI-Seminário-Nacional-nov2017-.pdf. Acesso em 28 de maio de 2019.
BELTRÃO, José Arlen. O novo ensino médio: o rebaixamento da formação, o avanço da privatização da educação básica e a necessidade da construção da resistência ativa e de alternativa pedagógica crítica. Tese de doutorado. Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade Federal da Bahia. 2019.
FREITAS, L. C. A reforma empresarial da educação: nova direita, velhas ideias. São Paulo: Expressão Popular, 2018.
FRIGOTTO; G. QUEIROZ; F. PENNA, F. Educação democrática: Antídoto ao Escola Sem Partido. Rio de Janeiro: LEPP/UERJ, 2018.
FRIGOTTO, G. (Org.) Escola Sem Partido: Esfinge que ameaça a educação e a sociedade brasileira. Rio de Janeiro: LEPP/UERJ, 2017.
JINKINGS, Ivana; DORIA, Kim; CLETO, Murilo (Org.). Por que gritamos golpe? Para entender o impeachment e a crise politica no Brasil. 1.ed. São Paulo: Boitempo, 2016.
KORYBKO; Andrew. Guerras Hibridas: Das revoluções coloridas aos Golpes. São Paulo: Expressão popular, 2018.
MARX; K. Contribuição `a critica da economia politica. São Paulo: Martins Fontes, 1983.
MONTORO; Xabier Arrizabalo. Capitalismo Y Economia Mundial. Bases teóricas y análises empírico para la compreensión de los problemas econômicos del siglo XXI. Madird/Espanha: Instituto Marxista de Economia. Universidad de Arte Y Ciências Sociales e Universidad de Concepción. 2014.
NEVES; Lucia Maria Wanderley. (Org.) A Nova Pedagogia do Capital: Estratégia do Capital para Educar o consenso. São Paulo: Xamã, 2005.
________. (Org.) O Empresariamento da Educação. São Paulo: Xama, 2002.
SOUZA; Maciana de Freitas e. A extinção da SECADI e o campo da educação na conjuntura atual. Disponível em: . Acesso em 24 de maio de 2018.
VALIM, São Paulo: Estado de Exceção: A forma jurídica do neoliberalismo. Contra Corrente, 2017.
Publicado
2019-08-14
Como Citar
Taffarel, C., & Carvalho, M. (2019). A Extinção da SECADI. Cadernos Do GPOSSHE On-Line, 2(1), 84-90. https://doi.org/10.33241/cadernosdogposshe.v2i1.1523
Seção
Crise da educação em tempos de neoconservadorismo