O processo de alfabetização de crianças com deficiência visual mediante a audiodescrição de textos multimodais (tirinhas)

Autores

  • Francisca Risolene Fernandes Universidade Federal do Ceará
  • Francisca Genifer Andrade de Sousa Universidade Estadual do Ceará https://orcid.org/0000-0001-8280-3250

DOI:

https://doi.org/10.33241/cadernosdogposshe.v7i2.11784

Palavras-chave:

Inclusão; Atendimento Educacional Especializado; Audiodescrição.

Resumo

A inclusão escolar estipula que todas as crianças tenham as suas especificidades consideradas no processo de ensino-aprendizagem, tal modo que a deficiência, seja ela física ou intelectual, não se torne empecilho ao desenvolvimento intelectual. Partindo desse entendimento, o objetivo deste estudo é investigar como os profissionais que atuam na sala regular e na sala multifuncional de ensino realizam a leitura dos textos multimodais para alfabetizar crianças com deficiência visual. Assim, será possível perceber como esses profissionais fazem uso da audiodescrição como suporte ao ensino para crianças com deficiência visual. A pesquisa de abordagem qualitativa envolveu professores do Ensino Fundamental vinculados à rede municipal de Horizonte-CE, pessoas com deficiência visual inseridos na sociedade, e uma consultora em audiodescrição, e foi desenvolvida entre os meses de maio e junho de 2021. Constatou-se que nem todos os professores estão aptos a realizar audiodescrição com deficiente, isto é, capaz de adequar a mensagem escrita ao público com deficiência visual, o que aponta para a necessidade de formação inicial e continuada que subsidie a classe docente nessa tarefa.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Francisca Risolene Fernandes , Universidade Federal do Ceará

Mestranda em Artes pelo Programa de pós-graduação em Artes (Prof-Artes) da Universidade Federal do Ceará (UFC). Especialista em Alfabetização e Multiletramentos; em Gestão Pedagógica da Escola Básica; e em Língua   Portuguesa   e   Literatura   Brasileira pela   Universidade   Estadual   do   Ceará (UECE). 

Francisca Genifer Andrade de Sousa , Universidade Estadual do Ceará

Doutora   e   mestra   em   Educação   pelo   Programa   de   Pós-Graduação   em   Educação   da Universidade   Estadual   do   Ceará (PPGE/UECE). Graduada em Pedagogia pela mesma universidade (2017).  Professora da Universidade Estadual do Ceará (UECE), vinculada à Faculdade de Educação, Ciências e Letras de Iguatu (FECLI).

Referências

BIANCHETTI, L. Aspectos históricos da educação especial. Rev. bras. educ. espec., Marília, v. 02, n. 03, p. 07-19, 1995. Disponível em: http://educa.fcc.org.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65381995000100002&lng=pt&nrm=iso>. Acesso: 27 set. 2023.

BIRCH, B. Louis Braille. São Paulo: Globo, 1993.

CARMO, A. A do. Deficiência física: a sociedade brasileira cria, “recupera” e discrimina. Brasília: Secretaria dos Desportos/PR, 1991.

DEFENDI, E. L. O livro, a leitura e a pessoa com deficiência visual. São Paulo: Fundação Dorina Dowill para cegos, 2011.

JIMENEZ, R. B. Necessidades educativas especiais. Dinalivro: Lisboa, 1994.

MAYER, F. A importância das coisas que não existem: a construção e referenciação de conceitos de cor por pessoas com cegueira congênita. 2016. 270 f. Tese (Doutorado em Linguística e Língua Portuguesa) – Programa de Pós-Graduação em Letras, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2011.

MINAYO, M. C. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 2007.

MOTTA, L. M. V. de M. Audiodescrição na escola: abrindo caminhos para leitura de mundo. Campinas, SP: Pontes, 2016.

SÁ, E. D de.; CAMPOS, I. M de.; SILVA, M. B. C. Atendimento Educacional Especializado. São Paulo: MEC/SEESP, 2007.

SOARES, B. M. Alfabetização e letramento: caderno do professor. Belo Horizonte: Ceale/FaE/UFMG, 2005.

SANT'ANNA, L. A importância da audiodescrição na comunicação das pessoas com deficiência. In: MOTTA, L. M. V de M.; ROMEU FILHO, P. Transformando imagens em palavras. São Paulo: Secretaria dos Direitos das Pessoas com Deficiência do Estado de São Paulo; 2010.

SOUSA, F. G. A de. Irmã Elisabeth Silveira: história e memória de uma freira educadora cearense (1943-1968). 2019. 186f. Dissertação. (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-graduação em Educação, Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2019.

TEIXEIRA, E. As três metodologias: acadêmica, da ciência e da pesquisa. Petrópolis: Vozes, 2005.

Downloads

Publicado

2023-11-17

Como Citar

FERNANDES , F. R.; ANDRADE DE SOUSA , F. G. O processo de alfabetização de crianças com deficiência visual mediante a audiodescrição de textos multimodais (tirinhas). Cadernos do GPOSSHE On-line, [S. l.], v. 7, n. 2, 2023. DOI: 10.33241/cadernosdogposshe.v7i2.11784. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/CadernosdoGPOSSHE/article/view/11784. Acesso em: 16 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos