A perspectiva de gênero e raça nos Livros de História (PNLD 2019-2022)

Autores

  • Ana Vitória Batista da Silva Universidade Estadual do Ceará https://orcid.org/0009-0002-6900-7799
  • Maria Christina Silveira Araujo Lima Universidade Estadual do Ceará
  • Isaíde Bandeira da Silva Universidade Estadual do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.33241/cadernosdogposshe.v7i2.11775

Palavras-chave:

Representação; Gênero; Raça; Livro didático de História.

Resumo

Essa pesquisa teve como objetivo analisar a representação da mulher, principalmente a negra, sob a perspectiva decolonial nas coleções didáticas Ápis História e Liga Mundo História, aprovadas no Programa Nacional do Livro Didático (PNLD 2019-2022). Assim, foram investigadas as atividades, imagens e seções presentes nos 5 volumes dessas duas coleções de livros didáticos de história destinados ao Ensino Fundamental Anos Iniciais. Cabe salientar que foram utilizados como principais teóricos Beauvoir (1980), Matos (2010), Quijano (2000) e Choppin (2004). Também foram utilizados documentos que norteiam a educação básica no Brasil, como a Base Nacional Comum Curricular (BNCC, 2018). Por fim, essa pesquisa tem como objeto de investigação paradigmas que submetem a mulher aos parâmetros eurocêntricos por meio dos livros de História, que resultam na sua sub-representatividade.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Ana Vitória Batista da Silva , Universidade Estadual do Ceará

Graduanda em Pedagogia pela Universidade Estadual do Ceará e bolsista de Iniciação Científica pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

Maria Christina Silveira Araujo Lima , Universidade Estadual do Ceará

Graduada em Fisioterapia pela Faculdade Integrada do Ceará, graduanda em Pedagogia pela Universidade Estadual do Ceará e bolsista de Iniciação Científica UECE.

Isaíde Bandeira da Silva , Universidade Estadual do Ceará

Professora do Curso de Pedagogia da Universidade Estadual do Ceará, Professora do Mestrado Acadêmico Interdisciplinar em História e Letras e do Mestrado Profissional em Ensino de História da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte.

Referências

ALVES, Alexandre. OLIVEIRA, Leticia. Liga Mundo História. Editora Saraiva. 1° edição, 2017.

BERTH, Joice. Feminismos plurais: empoderamento. Pólen. São Paulo, 2019.

BITTENCOURT, C. M. F. Produção didática de história: trajetória de pesquisas, Revista de História, São Paulo, n.164, p. 487-516, jan./jun. 2011.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular, 2018.

CHARLIER, Anna. SIMIELLI, Maria. Ápis História. Editora Ática. 2° edição. 2017.

CHARTIER, Roger. O mundo como representação. Revista das revistas. Estudos avançados. 1991.

CHOPPIN, Alan. A história dos livros e das edições didáticas: sobre o estado da arte. Educação e pesquisa. São Paulo, v3, n3. 2004

MOURA, S. L., PRETO, F.F., SILVA, G.F. Perspectiva Decolonial em Educação: Investigando subsídios e práticas pedagógicas para a educação das relações étnico-raciais e ensino de história e cultura afro-brasileira e indígena. IV SIPASE, setembro de 2017.

NASCIMENTO, M. A. do; SOUSA. F. M. do. A abordagem pedagógica da cultura afro-brasileira na lei 10.639/2003. Conedu, VI congresso nacional da educação. 2019.

OLIVEIRA, J. C. de; BERTONI, L. M. Memória coletiva e teoria das representações sociais: confluencias teórico conceituais. Revista Interinstitucional de Psicologia. 2019

PIMENTA, Rafaela. A educação como permanência e possibilidade de superação do eterno feminismo. Anãsi: Revista de filosofia. V2. N1. Salvador, 2021.

PITKIN, Hanna Fenichel. Representação: Palavra, instituições e ideias. Lua nova. São Paulo, 2006.

SILVA, Isaíde Bandeira da. O Livro Didático de História no Cotidiano Escolar. Curitiba: Appris, 2014.

Downloads

Publicado

2023-11-17

Como Citar

BATISTA DA SILVA , A. V.; SILVEIRA ARAUJO LIMA , M. C.; BANDEIRA DA SILVA , I. A perspectiva de gênero e raça nos Livros de História (PNLD 2019-2022). Cadernos do GPOSSHE On-line, [S. l.], v. 7, n. 2, 2023. DOI: 10.33241/cadernosdogposshe.v7i2.11775. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/CadernosdoGPOSSHE/article/view/11775. Acesso em: 21 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos