Perspectivas da Educação Infantil:

desafios e oportunidades na primeira etapa da educação básica

Autores

  • Yara Ferreira Lopes Marques Educaler University
  • Larissa Maia de Sousa Nava Absoulute Christian University https://orcid.org/0009-0008-1800-2545
  • Maria Geanne Moreira da Silva Absoulute Christian University

DOI:

https://doi.org/10.33241/cadernosdogposshe.v7i2.11773

Palavras-chave:

Educação Infantil; Evolução; Perspectivas; Educação.

Resumo

O trabalho é uma revisão de literatura, embasada em estudos e publicações relevantes da área, que se propõe a discutir as perspectivas dos avanços legais da Educação Infantil, cujo objetivo geral é apresentar as concepções da Educação Infantil como primeira etapa da educação básica. Os objetivos específicos são: explanar sobre o histórico da Educação Infantil no Brasil; discutir sobre o processo de valorização da Educação Infantil; debater as oportunidades proporcionadas pela Educação Infantil na formação do educando. Este estudo se justifica pela necessidade de aprofundarmos os debates sobre a Educação Infantil, que apesar de vir em um processo gradual de evolução, ainda tem um grande caminho a percorrer. O trabalho é organizado em três subtópicos, no primeiro é traçado um breve histórico da área, no segundo, as suas evoluções, finalizando com a apresentação dos seus benefícios para o pleno desenvolvimento de crianças, por meio das vivências com intencionalidade pedagógica.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Yara Ferreira Lopes Marques , Educaler University

Pedagoga pela Universidade Estadual do Vale do Acaraú. Especialista em Ensino de Língua Portuguesa pela Universidade Estadual do Ceará, Professora da Rede Municipal de Caucaia-CE. Mestranda em Ciências da Educação pela Educaler University, Orlando, EUA.

Larissa Maia de Sousa Nava , Absoulute Christian University

Pedagoga pela Universidade Federal do Ceará – UFC, Especialista em Alfabetização, Letramento e Educação Infantil, Professora da Rede Municipal de Caucaia-CE, Mestranda em Ciências da Educação pela Absoulute Christian University, Flórida, EUA.

Maria Geanne Moreira da Silva , Absoulute Christian University

[1] Pedagogia pela Universidade Federal do Ceará - UFC (2013), Especialista em Educação Infantil pela Faculdade Plus (2019), Professora de Educação Infantil da Rede Municipal de Caucaia-CE. Mestranda em Ciências da Educação pela Absoulute Christian University, Flórida, EUA.

Referências

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Educação é a Base. Brasília, MEC/CONSED/UNDIME, 2017.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. LDB – nº 9394/96, 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília: MEC, 1996.

BUJES, Maria Isabel Edelweiss. Escola Infantil: Pra que te quero? In: CRAIDY, Carmem; KAERCHER, Gládis E. Orgs. Educação Infantil – Pra que te quero? Porto Alegre: Artmed, 2001.

COSTA, A. C. M.; OLIVEIRA, M. C. As políticas públicas de Educação Infantil no contexto do neoliberalismo. Rev. Ed. Popular, Uberlândia, v. 10, p. 89-97, jan./dez. 2011.

FERREIRA, Maria Clotilde R. et al. Rede de significações e o estudo do desenvolvimento humano. Porto Alegre: Artmed, 2014.

GOMES, E. S.; COSTA FILHO, J. Historicidade da infância no Brasil. El Futuro del Pasado, nº 4, 2013.

GUIMARÃES, Daniela. Relações entre bebês e adultos na creche: o cuidado como ética. São Paulo: Cortez, 2011.

HERMIDA, J. F. (org.) Educação Infantil: políticas e fundamentos. 1 ed. João Pessoa: Editora Universitária da UFPB, 2007.

HOBSBAWM, Eric. Sobre História. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.

KRAMER, S.; NUNES, M. F. R.; CORSINO, P. Infância e crianças de 6 anos: desafios das transições na Educação Infantil e no ensino fundamental. Educação e Pesquisa, São Paulo, v.37, n.1, 220p. 69-85, jan./abr. 2011.

KUHLMANN JR. Moysés, M. A circulação das ideias sobre a educação das crianças; Brasil, início do século XX. In: KUHLMANN JR., M.; FREITAS, M. C. de. (ORG.). Os intelectuais na história da infância. São Paulo: Cortez, 2002.

LOPES, Maurício Antonio Ribeiro. Comentários à Lei de Diretrizes e Bases da Educação. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2014.

MAZZOTTI, Alda J. Alves; GEWANDSZNAJDWER, Fernando. Revisão da bibliografia. In: O Método nas Ciências Naturais e sociais: pesquisa Quantitativa e Qualitativa. São Paulo: Pioneira, 2000.

MEDEIROS, A. F.; NOGUEIRA, E. M. L.; BARROSO, F. C. S. Desatando os nós das políticas de Educação Infantil no Brasil. Espaço do currículo, v.5, n.1, pp.287-293, Junho a Dezembro de 2012.

MORGAN, Dimas Anaximandro da Rocha et al. As políticas públicas no contexto da Educação Infantil brasileira. Constr. psicopedag., São Paulo, v. 22, n. 23, p. 51-58, 2014. Disponível em:<http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S 1415-69542014000100004&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em 23 jul. 2023.

NASCIMENTO, Edaniele Cristine Machado do. Processo histórico da Educação Infantil no Brasil: Educação ou assistência? In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO, 12., 2015, Paraná. Anais.... Paraná: PUCPR, 2015. v. 2, p. 17439 – 17456.

OLIVEIRA, Alda Maria S. de S. Movimento de luta por creches, Fórum permanente de Educação Infantil do estado do Rio de Janeiro e Movimento Interfóruns de Educação Infantil do Brasil - resistências, contradições, pactuações e rupturas. Revista Dialogus, Niterói, RJ, n. 01, ano 1, 2012.

OLIVEIRA, Zilma de Moraes Ramos de et al (Org.). O trabalho do professor na Educação Infantil. 2. ed. São Paulo: Biruta, 2019.

PINHEIRO, Michelle Oliveira. ZIEDE, Mariangela Lenz. As contribuições da Educação Infantil para o desenvolvimento da criança. Revista Professare, Caçador, v. 3, n. 2, p. 76-99, 2014.

SILVA, Joana da. Educação Infantil: Benefícios proporcionados pela primeira etapa educacional. Porto Alegre: Artmed, 2019.

SILVA, L. H. G. DA.; STRANG, B. DE L. S. A obrigatoriedade da Educação Infantil e a escassez de vagas em creches e estabelecimentos similares. Pro-Posições, v. 31, p. e20160069, 2020.

THOMAS, Rossani; DUARTE, Cássia. Um bom começo. Caderno Meu Filho. Zero Hora. Edição: nº 355. Porto Alegre, 18 de julho 2011.

Downloads

Publicado

2023-11-17

Como Citar

FERREIRA LOPES MARQUES , Y.; MAIA DE SOUSA NAVA , L.; MOREIRA DA SILVA , M. G. Perspectivas da Educação Infantil: : desafios e oportunidades na primeira etapa da educação básica. Cadernos do GPOSSHE On-line, [S. l.], v. 7, n. 2, 2023. DOI: 10.33241/cadernosdogposshe.v7i2.11773. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/CadernosdoGPOSSHE/article/view/11773. Acesso em: 16 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos