Trânsitos identitários

a formação das nacionalidades em Cabo verde e Guiné-Bissau

Autores

  • Daniele Elerry Mourão
  • Lea Carvalho Rodrigues

DOI:

https://doi.org/10.33956/tensoesmundiais.v4i6%20jan/jun.711

Palavras-chave:

Trânsitos, Nacionalidades, Cabo Verde, Guiné

Resumo

Trata-se de uma reflexão sobre as tensões e controvérsias acerca dos princípios norteadores da idéia de nação, a partir da comparação entre os processos de formação de nacionalidades em dois países do continente africano, Cabo Verde e Guiné-Bissau. O artigo aborda a forma diversa como ambos os países travam embates em torno dos elementos que marcam, ou que se julga devem marcar, as suas nacionalidades em formação, sobretudo no período pós-colonial; ou, dito de outra maneira, desde as guerras de independência, na década  e 1970, até os dias atuais.

Downloads

Publicado

2018-11-27

Como Citar

MOURÃO, D. E.; RODRIGUES, L. C. Trânsitos identitários: a formação das nacionalidades em Cabo verde e Guiné-Bissau. Tensões Mundiais, [S. l.], v. 4, n. 6, p. 189–216, 2018. DOI: 10.33956/tensoesmundiais.v4i6 jan/jun.711. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/711. Acesso em: 25 jun. 2021.