Os protestos estudantis de 2013 e os movimentos sociais no Brasil contemporâneo

  • Angelo Girotto Neto
Palavras-chave: Movimentos sociais, Política brasileira, Movimentos de junho de 2013

Resumo

Os protestos de 2013 seguem fomentando produtivos debates acerca da realidade política do Brasil contemporâneo. Este artigo busca entender suas motivações e particularidades, valendo-se de uma revisão crítica de importantes teóricos das Ciências Socais, notadamente Manuel Castells. Propõe- se que a  horizontalidade e a ausência de lideranças estabelecidas engendraram uma mobilização política mais participativa, mas também corroboraramcom os esforços da grande mídia em dirigir os rumos dos movimentos.

Publicado
2018-09-26
Como Citar
Neto, A. (2018). Os protestos estudantis de 2013 e os movimentos sociais no Brasil contemporâneo. Tensões Mundiais, 12(23), 169 - 196. https://doi.org/10.33956/tensoesmundiais.v12i23.373