As contribuições do estágio supervisionado na formação inicial em biologia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33241/cadernosdogposshe.v6i1.7980

Palavras-chave:

Estágio Supervisionado, Ensino Médio, Botânica

Resumo

O Estágio é um dos primeiros contatos que o licenciando tem com seu futuro campo de atuação, proporcionando interações no ambiente escolar. O objetivo desta pesquisa é relatar experiências adquiridas e vivenciadas durante o desenvolvimento do Estágio Supervisionado no Ensino Médio. Trata-se de uma abordagem qualitativa com observação participante. Foi realizado em uma Escola de Ensino Médio, com duas turmas de 2° ano, no interior do Ceará, onde constatou o reconhecimento da escola, observações e regências, pôde conhecer os vínculos com o cenário da educação básica e estabelecer pontos de reflexão sobre a formação docente. Foram realizadas atividades como: aulas expositivas, práticas e a aplicação de projeto de ensino, sendo este a construção de um Álbum Seriado de Botânica produzido pelos próprios alunos. Assim, foi percebido o significado dessa prática e o quanto ela deve ser bem aplicada e orientada, para que haja uma maior interação entre alunos e aluno-professor.

Biografia do Autor

Carolina Agostinho de Jesus, Universidade Estadual de Ponta Grossa, UEPG

Licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual do Ceará - UECE.

Referências

BERGAMO, Mayza. O uso de metodologias diferenciadas em sala de aula: uma experiência no ensino superior. Revista Eletrônica Interdisciplinar, v. 2, n. 4, p. 1-10, 2010. Disponível em: https://pdfs.semanticscholar.org/b37b/9c5840644afd9d42b6c5d2b6e3214131a22b.pdf. Acesso em: 25 set. 2020.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 dez. 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Orientações curriculares para o Ensino Médio: Ciências da Natureza, Matemática e suas tecnologias. Brasília: Ministério da Educação, 2006.

BRASIL. Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008. Dispõe sobre o estágio de estudantes. Brasília: Casa Civil, 2008.

BRASIL. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais (Ensino Médio). Brasília: Ministério da Educação, 2018.

CARRAHER, Terezinha Nunes.; SCHLIEMANN, Ana Lúcia Dias. Na vida dez, na escola zero. São Paulo: Cortez Editora, 1989.

CORTE, Anelia C. Dalla.; LEMKE, Cibele K. O Estágio Supervisionado e sua importância para a formação docente frente aos novos desafios de ensinar. Educere. Unesco, 2015.

DA SILVA, Tatiani Santana.; COSTA, Lívia Karine de Paiva Ferreira.; DE LIMA Rivete Silva. Modalidades didáticas no ensino de Botânica: oficinas pedagógicas como instrumento para o ensino-aprendizagem de conceitos botânicos. In: XIII Congresso Internacional de Tecnologia na Educação. Pernambuco, 2015.

DE FREITAS BARREIRO, Iraíde Marques.; ABOU GEBRAN, Raimunda. Prática de ensino e estágio supervisionado na formação de professores. Avercamp, 2006.

DELIZOICOV, Demétrio.; ANGOTTI, José André.; PERNAMBUCO, Marta Maria Castanho Almeida. Ensino de Ciências: fundamentos e métodos. 4° Ed. 1° reimpressão. Cortez Editora. 2011.

DE OLIVEIRA, André Luis; OBARA, Ana Tiyomi. O ensino de ciências por investigação: vivências e práticas reflexivas de professores em formação inicial e continuada. Investigações em Ensino de Ciências, v. 23, n. 2, p. 65-87, ago. 2018. Disponível em: https://www.if.ufrgs.br/cref/ojs/index.php/ienci/article/view/874. Acesso em: 27 ago. 2020.

DE OLIVEIRA, Eloiza da Silva Gomes.; CUNHA, Vera Lúcia. O estágio Supervisionado na formação continuada docente à distância: desafios a vencer e Construção de novas subjetividades. RED. Revista de Educación a Distancia, n. 14, 2006. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/547/54701403.pdf. Acesso em: 17 ago. 2018.

DE SOUSA, Luana Mateus.; INDJAI, Sira.; MARTINS, Elcimar Simão. Formação inicial de docentes de biologia: limites e possibilidades do Estágio Supervisionado no ensino médio. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades-Rev. Pemo, v. 2, n. 2, p. 1-12, 2020. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/download/3668/3223. Acesso em: 16 ago. 2021.

ECHEVERRÍA, Maria Del Puy Perez.; POZO, Juan Ignacio. Aprender a resolver problemas e resolver problemas para aprender. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

FARRAND, Paul.; HUSSAIN, Fearzana.; HENNESSY, Enid. The efficacy of themind map'study technique. Medical education, v. 36, n. 5, p. 426-431, 2002.

FEITOSA, Robério Rodrigues.; BRAGA, Anne Drielly Medeiros.; SILVA, Rayanne Alves da.; MARTINS, Maria Márcia Melo de Castro.; BEZERRA, Mayle Alves. Anais III CONEDU. Campina Grande: Realize Editora, 2016. Disponível em: https://www.editorarealize.com.br/index.php/artigo/visualizar/20177. Acesso em: 24 set. 2018.

FLORES, Maria Assunção. Algumas reflexões em torno da formação inicial de professores. Educação, Curitiba, v. 33, n. 3, p. 182-188, set./dez. 2010. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/848/84816931003.pdf. Acesso em: 14 nov. 2020.

GATTI, Bernadete. Angelina. Formação de professores: condições e problemas atuais. Revista internacional de formação de professores, v. 1, n. 2, p. 161-171, 2016. Disponível em: https://periodicos.itp.ifsp.edu.br/index.php/RIFP/article/viewFile/347/360. Acesso em: 13 nov. 2020.

GODOY, Miriam Adalgisa Bedim.; SOARES, Solange Toldo. Estágio e sua relação com a pesquisa. In: Estágio Supervisionado no curso de Pedagogia. Unicentro Paraná. 2014. Disponível em: http://repositorio.unicentro.br/bitstream/123456789/509/1/EST%C3%81GIO%20SUPERVISIONADO%20NO%20CURSO%20DE%20PEDAGOGIA.pdf. Acesso em: 11 jun. 2021.

KRASILCHIK, Myriam. Modalidades Didáticas. In: Prática de ensino em Biologia. 2. ed. São Paulo: Editora Habra, 1983.

KRASILCHIK, Myriam. Práticas de Ensino de Biologia. 4ª ed. rev. e ampl., 5ª reimp. - São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2016.

MARANDINO, Martha.; SELLES, Sandra Escovedo.; FERREIRA, Marcia. Serra. Tradições Curriculares no Ensino de Biologia. In: Ensino de Biologia: histórias e práticas em diferentes espaços educativos. São Paulo: Cortez, 2009, p. 87-88.

MARIETTO, Marcio Luiz. Observação participante e não participante: contextualização teórica e sugestão de roteiro para aplicação dos métodos. Revista Ibero-Americana de Estratégia (RIAE), v. 17, n. 4, 2018. Disponível em: https://www.redalyc.org/jatsRepo/3312/331259758002/331259758002.pdf. Acesso em: 11 ago. 2021.

MÜLLER, Luiza de Souza. A interação professor-aluno no processo educativo. Revista Integração, USJT-SP, ano VIII, n. 31, p. 547-573, 2002. Disponível em: https://docplayer.com.br/18959412-A-interacao-professor-aluno-no-processo-educativo-luiza-de-souza-muller.html. Acesso em: 10 ago. 2018.

PASQUALETO, Olívia Quintana Figueiredo.; FONSECA, Maria Hemília. A percepção do aluno sobre o estágio Emprego ou qualificação profissional? RIL Brasília v. 53 n. 209 jan./mar. 2016 p. 195-217. Disponível em: A percepção do aluno sobre o estágio: emprego ou qualificação profissional?. Acesso em: 21 ago. 2021.

RAUPP, Fabiano Maury.; BEUREN, Ilse Maria. Metodologia da pesquisa aplicável às ciências sociais. Como elaborar trabalhos monográficos em contabilidade: teoria e prática, v. 3, p. 76-97, 2003.

ROSA, Alice Backes da. Aula diferenciada e seus efeitos na aprendizagem dos alunos: o que os professores de Biologia têm a dizer sobre isso?. Trabalho de conclusão de curso de graduação. 2012.

SANTOS, Sânzia Raline Silva. O estágio supervisionado e a formação docente em Ciências Biológicas no CES. Monografia (Licenciatura em Ciências Biológicas) – Centro de Educação e Saúde, Universidade Federal de Campina Grande, Cuité, 2015.

WANDERSEE, James H.; SCHUSSLER, Elisabeth E. Towards a theory of plant blindness. Plant Science Bulletin, v. 47, n. 1, p. 2-9, 2001. ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Obesidady sobrepeso. n. 311, set. 2006.

Downloads

Publicado

2022-03-09

Como Citar

JESUS, C. A. de. As contribuições do estágio supervisionado na formação inicial em biologia. Cadernos do GPOSSHE On-line, [S. l.], v. 6, n. 1, 2022. DOI: 10.33241/cadernosdogposshe.v6i1.7980. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/CadernosdoGPOSSHE/article/view/7980. Acesso em: 16 maio. 2022.

Edição

Seção

Fluxo Contínuo