Trotsky, Gramsci e a Teoria da Revolução Permanente

Resumo

O ensaio aborda as relações entre as ideias de Leon Trotsky e Antonio Gramsci, tomando como horizonte da análise a teoria da revolução permanente, elaborada pelo primeiro ao longo da experiência revolucionária dos anos que cobrem da primeira revolução russa, de 1905, aos eventos da virada dos anos de 1920 para os de 1930, notadamente o advento das revoluções de Fevereiro e Outubro de 1917, na Rússia. O resultado preliminar obtido do exame de alguns escritos fundamentais dos dois autores aponta para presença em ambos de uma compreensão não-formal e não-dogmática do processo histórico, mas mostra também que, apesar disso, as conclusões políticas dos dois são díspares em aspectos relevantes da luta revolucionária.

Biografia do Autor

José Eudes Baima Bezerra, Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Doutor em Educação pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Professor da Universidade Estadual do Ceará (UECE). E-mail: eudesbaima@yahoo.com

Referências

CISE, Pierre. Notas sobre o neoliberalismo. In: A Verdade nº 147, março de 2006. São Paulo: Corrente O Trabalho do PT (Seção Brasileira da IV Internacional), 2006.
GRAMSCI, Antonio. Maquiavel, a Política e o Estado Moderno. 3ª Ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978.
____. Americanismo e Fordismo. In: GRAMSCI, Antonio. Cadernos do Cárcere, Vol. 4. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007.
LÊNIN, V. I. Teses de Abril. São Paulo: Edições Mandacaru, 1990.
MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Mensagem da Direção Central à Liga dos Comunistas. In: MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Obras Escolhidas, Vol. I. Lisboa e Moscou: Edições “Avante!”, Edições Progresso, 1982.
MARX, Karl. Contribuição à Crítica da Economia Política. São Paulo: Martins Fontes, 1983.
____. Sobre a Questão Judaica. São Paulo: Boitempo, 2010.
RUIZ, Erasmo M. Freud no “Divã” do Cárcere: Gramsci Analisa a Psicanálise. Campinas: Autores Associados, 1988.
TROTSKY, Leon. Sobre Europa y Estados Unidos – Dos discursos sobre el imperialismo. Buenos Aires: Ediciones Pluma, 1975.
____. Minha Vida. 2ª Ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978.
____. A Revolução Permanente. 2ª Ed. São Paulo: Kairós, 1985.
____. A Revolução de 1905. São Paulo: Global, s/d.
SECCO, Lincoln. Gramsci e a Revolução. São Paulo: Alameda, 2006.
Publicado
2020-04-25
Como Citar
Bezerra, J. (2020). Trotsky, Gramsci e a Teoria da Revolução Permanente. Cadernos Do GPOSSHE On-Line, 3(2), 1-30. https://doi.org/10.33241/cadernosdogposshe.v3i2.3024