Raça e Eleição nos EUA

comentário aos discurso de Obama

Autores

  • Jeffrey Frank

DOI:

https://doi.org/10.33956/tensoesmundiais.v4i6%20jan/jun.712

Palavras-chave:

Raça, eleição, obama

Resumo

O pronunciamento de Barack Obama sobre as relações raciais nos EUA é analisado no contexto da escravidão no desenvolvimento do capitalismo. Apesar de identificar a natureza e origem do conflito racial, seu discurso não aborda o papel do Movimento dos Direitos Civis e sua tendência antiimperialista à época da
morte de Martin Luther King. A presidência de Obama deve ser vista na perspectiva das necessidades atuais do imperialismo estadunidense e das fontes de apoio à sua candidatura. O artigo conclui que a eleição de Obama, embora um fato progressista na história mundial, não irá preencher as expectativas dos seus apoiadores sem pressão dos movimentos sociais.

Downloads

Publicado

2018-11-27

Como Citar

FRANK, J. Raça e Eleição nos EUA: comentário aos discurso de Obama. Tensões Mundiais, [S. l.], v. 4, n. 6, p. 295–334, 2018. DOI: 10.33956/tensoesmundiais.v4i6 jan/jun.712. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/712. Acesso em: 25 jun. 2021.