A imprensa brasileira e o reconhecimento da independência de Angola

Autores

  • Adriano de Freixo
  • Jacqueline Ventapane Freitas

DOI:

https://doi.org/10.33956/tensoesmundiais.v7i13%20jul/dez.594

Palavras-chave:

Mídia, Política Externa Brasileira, Governo Geisel, Independência de Angola

Resumo

Em 1975, mudanças políticas em Portugal abriram caminho para o desmantelamento do seu império colonial e, em especial, para a independência de
Angola. Embora o Brasil ainda vivesse sob um regime ditatorial, tais acontecimentos tiveram ampla cobertura da imprensa. O artigo mostra que isto ocorreu devido aos interesses da política externa brasileira e à menor censura sobre o noticiário internacional.

Downloads

Publicado

2018-11-09

Como Citar

FREIXO, A. de; FREITAS, J. V. A imprensa brasileira e o reconhecimento da independência de Angola. Tensões Mundiais, [S. l.], v. 7, n. 13, p. 235–259, 2018. DOI: 10.33956/tensoesmundiais.v7i13 jul/dez.594. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/594. Acesso em: 18 jun. 2021.