O conflito de Casamansa

uma questão de segurança regional na Senegâmbia

Autores

  • Mamadou Alpha Diallo
  • Lito Nunes Fernandes

DOI:

https://doi.org/10.33956/tensoesmundiais.v7i13%20jul/dez.589

Palavras-chave:

Senegal, Senegâmbia, Segurança Regional, MFDC

Resumo

A Confederação da Senegâmbia, que agrupou entre 1982- 1989 o atual Senegal, Gâmbia, Guiné-Bissau, Guiné- Conacri, Mali e parte da Mauritânia, assistiu a atuação de um grupo separatista no território de Casamansa que gerou grande insegurança regional. Esse artigo analisa como o fim da Confederação contribuiu
para fortalecer o Movimento das Forças Democráticas de Casamansa (MFDC).

Downloads

Publicado

2018-11-09

Como Citar

DIALLO, M. A.; FERNANDES, L. N. O conflito de Casamansa: uma questão de segurança regional na Senegâmbia. Tensões Mundiais, [S. l.], v. 7, n. 13, p. 117–136, 2018. DOI: 10.33956/tensoesmundiais.v7i13 jul/dez.589. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/589. Acesso em: 25 jun. 2021.