O Estado de Guiné-Bissau e os desafios político-institucionais

Autores

  • Rui Jorge Semedo

DOI:

https://doi.org/10.33956/tensoesmundiais.v7i13%20jul/dez.588

Palavras-chave:

Estado, Poder, Instituição, PAIGC

Resumo

Este trabalho aborda os obstáculos à construção do Estado da Guiné-Bissau, tendo como referência o regime político instalado em 1974. A análise concentrase
na transição do poder das mãos do colonizador às do Partido para a Independência da Guiné-Bissau e Cabo Verde (PAIGC), que então representava uma aspiração guineo-cabo-verdiana.

Downloads

Publicado

2018-11-09

Como Citar

SEMEDO, R. J. O Estado de Guiné-Bissau e os desafios político-institucionais. Tensões Mundiais, [S. l.], v. 7, n. 13, p. 95–136, 2018. DOI: 10.33956/tensoesmundiais.v7i13 jul/dez.588. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/588. Acesso em: 25 jun. 2021.