Notas sobre as políticas culturais nas humanidades

Autores

Palavras-chave:

Política Pública de Cultura, Livro, Leitura e leitores, Gestão cultural

Resumo

Este artigo apresentará uma retrospectiva das políticas públicas criadas em torno do livro, leitura, literatura, bibliotecas e escrita e evidenciar os possíveis impactos da instabilidade política frente ao campo das humanidades, levando em consideração a capacidade leitora e escrita, a partir das políticas instituídas na ótica do setor cultural e os principais impactos na gestão e execução de programas  a médio-longo prazo.

Biografia do Autor

Carolina Marques Henriques Ficheira, ESPM

Doutora em Ciência da Literatura, linha de pesquisa: Programa Avançado em Cultura Contemporânea. Mestre em Comunicação e Cultura pela UFRJ. Graduada em Produção Cultural pelo Departamento de Artes na UFF. Foi gerente operacional do Cine Joia e coordenou projetos no PontoCine. Como parecerista na área de fomento direto e indireto possui passagem pela Lei Aldir Blanc, SEFIC, Ancine e do Distrito Federal, município de Petrópolis, do município do RJ, do Estado do RJ, do Fundo de Cultura do ES e do Fundo de Cultura da BA, Assembleia Cultural de Minas Gerais e Fundação Cultural de Balneário de Camboriú. Recentemente trabalhou como consultora UNESCO no Edital de Cidades Criativas 003/2018 na candidatura de Niterói/RJ na área de cinema, promovido pela Secretaria Especial da Cultura/Ministério da Cidadania. É professora da ESPM na graduação (ADM, CINE e DSG) e na pós –graduação (Gestão do Entretenimento) e está vinculada ao Laboratório de Economia Criativa, desenvolvimento e território. É professora visitante naUniversidade Veiga de Almeida nos cursos da Pós- graduação em Roteiro para diferentes plataformas e CCE- PUC RIO. Tem experiência no uso de plataformas digitais para aulas remotas: CANVAS, MOODLE, BLACKBOARD, ZOOM, TEAMS e GOOGLE MEET.

Downloads

Publicado

2022-05-01

Como Citar

FICHEIRA, C. M. H. Notas sobre as políticas culturais nas humanidades. Tensões Mundiais, [S. l.], v. 18, n. 36, p. 271–93, 2022. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/4488. Acesso em: 16 maio. 2022.