Prioridades para a cooperação brasileira no Atlântico Sul

Autores

  • Luís Gustavo Guerreiro Moreira UECE

DOI:

https://doi.org/10.33956/tensoesmundiais.v12i22.290

Resumo

O presente estudo tem por objetivo fazer um diagnóstico crítico da atuação do Brasil frente aos desafios para a manutenção da Zona de Paz e Cooperação do Atlântico Sul (ZOPACAS). A pesquisa se concentra na investigação de documentos que versam sobre os propósitos dessa integração regional, como discursos do Ministério das Relações Exteriores, as atas dos Encontros Ministeriais da ZOPACAS, a Estratégia Nacional de Defesa (END) e noticiários sobre o assunto. Por fim, conclui que a cooperação militar, técnica e as políticas de investimento são elementos indissociáveis para a consolidação do Brasil como liderança regional.

Downloads

Publicado

2018-09-07

Como Citar

GUERREIRO MOREIRA, L. G. Prioridades para a cooperação brasileira no Atlântico Sul. Tensões Mundiais, [S. l.], v. 12, n. 22, p. 347–358, 2018. DOI: 10.33956/tensoesmundiais.v12i22.290. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/290. Acesso em: 20 abr. 2021.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)