Importância da Ciência Política e das Relações Internacionais no ensino militar

Autores

  • Tamires Andrade Universidade da Força Área - UNIFA (Rio de Janeiro - RJ)
  • Alexandre Manhães Universidade da Força Aérea (Rio de Janeiro - RJ)
  • Humberto José Lourenção Universidade da Força Área - UNIFA (Rio de Janeiro - RJ)

Palavras-chave:

Ciência política, Relações internacionais, Ensino militar, Conflito híbrido

Resumo

Este artigo examina a formação em Ciência Política e Relações Internacionais, propiciada pela Academia da Força Aérea. Analisa se essa instituição de ensino superior está
qualificada para preparar oficiais da Força Aérea Brasileira frente aos desafios do Estado democrático e dos denominados conflitos híbridos. A partir de pesquisa bibliográfica e documental, desenvolveuse a correlação entre os conteúdos estabelecidos nos planos das disciplinas e suas aplicações no contexto atual, considerando as especificidades
da profissão militar. Concluiu-se que o ensino de Ciência Política e Relações Internacionais é primordial para o preparo do militar.

Biografia do Autor

Tamires Andrade, Universidade da Força Área - UNIFA (Rio de Janeiro - RJ)

Mestranda no Programa de Mestrado em Ciências Aeroespaciais (PPGCA), nível Profissional, na Universidade da Força Aérea (UNIFA), Rio de Janeiro/RJ. Especialista em Direito Administrativo pelo Instituto Brasiliense de Direito Público - IDP DF (2019). Especialista em Direito Militar pela Faculdade de Tecnologia IPPEO, Instituto Venturo, Curitiba/PR (2017).  Graduada em Direito pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2012). Primeiro Tenente da Especialidade de Serviços Jurídicos do Quadro de Apoio da Aeronáutica. Atualmente é Adjunto-Jurídico - Comando-Geral do Pessoal (COMGEP) Aeronáutica. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Militar, Administrativo, Administrativo Militar e Processual Civil. Integrante do Grupo de Pesquisa em Estudos estratégicos e política internacional. http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/4348166837678791. E-mail: tamiresmariabatista@gmail.com.

Alexandre Manhães, Universidade da Força Aérea (Rio de Janeiro - RJ)

Doutorando na Universidade da Força Aérea (UNIFA, no Rio de Janeiro-RJ), com pesquisa sobre a United States Air Force e seus impactos na Defesa Espacial. Mestre em Ciências Aeroespaciais pela Universidade da Força Aérea (UNIFA, no Rio de Janeiro-RJ), com pesquisa sobre o Programa Espacial Brasileiro como fator de soberania estratégica. Graduado em Ciências Militares e Administração Pública pela Academia da Força Aérea. Especialista em Segurança e Defesa e em sistemas de Defesa Antiaérea da Força Aérea Brasileira. Áreas de Interesse: Poder Aeroespacial; Estudos Estratégicos e Segurança Internacional. Integrante do Grupo de Pesquisa em Estudos estratégicos e política internacional. http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/4348166837678791. E-mail: manhaesam.91@gmail.com .

Humberto José Lourenção, Universidade da Força Área - UNIFA (Rio de Janeiro - RJ)

Pós-doutorado em Ciências Militares pela Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME, 2015). Research Fellow na National Defense Univesity (NDU, 2013). Pós-doutorado em Psicologia pela USP, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP-USP, 2010). Doutor em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp, 2007). Mestre em Ciência Política pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp, 2003). Especialização (MBA profissional) em Administração avançada em gestão pública pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP, 2006). Especialização em Filosofia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC/PR, 1988). Graduação em Psicologia pela Universidade Federal do Paraná (UFPR, 1996). Graduação em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC/PR, 1988). Professor Titular de Relações Internacionais da Academia da Força Aérea (AFA). Professor de Ciência Política do Programa de Pós-graduação em Ciências Aeroespaciais da Universidade da Força Aérea (UNIFA). Líder do Grupo de Pesquisa em Estudos estratégicos e política internacional. http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/4348166837678791 (2019 - em andamento). E-mail: lourencao@hotmail.com.

Downloads

Publicado

24-08-2022

Como Citar

MARIA BATISTA ANDRADE, T.; MANHÃES, A.; LOURENÇÃO, H. J. . Importância da Ciência Política e das Relações Internacionais no ensino militar. Tensões Mundiais, [S. l.], v. 18, n. 37, p. 107–132, 2022. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/8005. Acesso em: 16 jul. 2024.