O Banco Mundial e a Reforma do Judiciário na América Latina

  • Cristina Carvalho Pacheco
Palavras-chave: Banco Mundial, Reforma do Judiciário, América Latina

Resumo

A proposta do Banco Mundial para a Reforma do Judiciário na América Latina inclui a aprovação de um conjunto de valores: previsibilidade, celeridade, baixo custo, eficiência, defesa da propriedade privada e dos contratos. A hipótese deste estudo é de que na função declarada de ampliar o acesso da população
a uma justiça mais ágil, capaz de garantir bens jurídicos universais, reside uma função real de proteção seletiva de bens jurídicos, aplicação desigual das leis e ilusão de promover segurança jurídica, reafirmando um modelo de Justiça existente por mais de dois séculos.

Publicado
2018-11-29
Como Citar
Pacheco, C. (2018). O Banco Mundial e a Reforma do Judiciário na América Latina. Tensões Mundiais, 2(3), 150 - 180. https://doi.org/10.33956/tensoesmundiais.v2i3 jul/dez.738