BRICS, megaeventos esportivos e o Rio de Janeiro como "cidade de exceção"

  • Einar Braathen
  • Celina Myrann Sørbøe
  • Gilmar Mascarenhas
Palavras-chave: BRICS, Megaeventos Esportivos, “Cidade de Exceção”, Direito à Cidade, Rio de Janeiro

Resumo

Nos países do BRICS, “cidades de exceção” constroem coalizões de governo e empresários em busca de oportunidades de negócio. O esporte combina imagem e acumulação, assim como o pretexto para realizar a pacificação e a retirada da população. No Rio, a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos geraram uma espécie de revolução urbana, indicativa de uma consciência social de que mesmo as pessoas mais pobres têm “direito à cidade” e que a coalizão de classe pode melhorar as chances da sociedade, contrariando os planejadores dos megaeventos.

Publicado
2018-10-05
Como Citar
BRAATHEN, E.; SØRBØE, C.; MASCARENHAS, G. BRICS, megaeventos esportivos e o Rio de Janeiro como "cidade de exceção". Tensões Mundiais, v. 10, n. 18,19, p. 325 - 345, 5 out. 2018.