Mulheres camponesas do Cerrado

lutas, resistências e legado

Autores

  • Maria Aparecida de Souza Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT)
  • Flávio Bezerra Barros Universidade Federal do Pará - UFPA

DOI:

https://doi.org/10.33956/tensoesmundiais.v17i33.3074

Palavras-chave:

Territorialidade. Mulheres. Cerrado. Camponesa

Resumo

O Cerrado brasileiro é um dos palcos das resistências e territorialidades camponesas na luta pela permanência na terra. O estudo objetivou investigar o protagonismo das mulheres camponesas do Cerrado no município de Três Lagoas-MS, utilizando-se da pesquisa qualitativa com entrevistas orais e observação direta. As territorialidades e legado na proteção dos modos de vida e as relações socioambientais cerradeiras são reveladas no cotidiano das camponesas.

Biografia do Autor

Maria Aparecida de Souza, Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT)

Maria Aparecida de Souza: Doutoranda em Ciências Ambientais pela Universidade do Estado de Mato Grosso/UNEMAT, linha de pesquisa: Análise socioambiental do Pantanal, Amazônia e Cerrado. Mestre em Geografia pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, especialista e graduada em Geografia pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Docente interina do Curso de Licenciatura em Geografia da Universidade do Estado de Mato Grosso, campus de Cáceres. E-mail: mariamia.souza8@gmail.com

Flávio Bezerra Barros, Universidade Federal do Pará - UFPA

Flávio Bezerra Barros: Graduado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal Rural de Pernambuco, Mestrado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal da Paraíba e Doutorado em Biologia da Conservação pela Universidade de Lisboa, Portugal. Professor Associado do Instituto Amazônico de Agriculturas Familiares. Atua como docente-pesquisador nos Programas de Pós-Graduação em Agriculturas Amazônicas/UFPA. Professor no Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais da Universidade do Estado de Mato Grosso/UNEMAT. E-mail: flaviobarros04@yahoo.com.br

Downloads

Publicado

2021-01-18

Como Citar

DE SOUZA, M. A.; BARROS, F. B. Mulheres camponesas do Cerrado: lutas, resistências e legado. Tensões Mundiais, [S. l.], v. 17, n. 33, 2021. DOI: 10.33956/tensoesmundiais.v17i33.3074. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/3074. Acesso em: 7 maio. 2021.