Decolonialidade e o conflito Israel X Palestina

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33956/tensoesmundiais.v20i42.12482

Palavras-chave:

Palestina, Israel, Decolonialidade, Conflito

Resumo

O conflito Israel x Palestina é explorado na mídia atual como uma consequência do ataque de 7 de outubro de 2023, excluindo a história e promovendo o discurso de “defesa” do lado israelense. O presente estudo visa explorar o impasse sob as lentes da decolonialidade, levando a compreensão de como essa abordagem pode contribuir para a criação medidas que colaborem com o tratamento do conflito.

Biografia do Autor

Marcel Pereira Pordeus, Universidade Estadual do Ceará

Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Mestre em Planejamento e Políticas Públicas pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Especialista em História do Brasil, pela Universidade Federal do Piauí (UFPI). Graduado em Letras: Língua Portuguesa e suas respectivas literaturas pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Foi bolsista do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), com projetos voltados para a Linguística de texto e Análise do Discurso Crítico (ADC). Pesquisador Associado do Centro Latino-Americano de Estudos em Cultura - CLAEC, com o estudo das Teorias e Métodos das Ciências Humanas e Sociais. Foi bolsista de Iniciação Científica do CLAEC/Fundação Araucária, com desenvolvimento do estudo: (Re)Configurações socioculturais em tempos de pandemia: práxis reflexiva sobre o Estado do Paraná/PR. Atualmente trabalha como Revisor de Texto e Assessoria em reconhecimento de títulos de pós-graduação obtidos no estrangeiro.

Kátia Paulino dos Santos, Universidade do Estado do Amapá

Doutora em Gestão pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro de Portugal (UTAD). Mestra em Planejamento e Políticas Públicas pela Universidade Estadual do Ceará (UECE) e Bacharel e Licenciada em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Amapá (UNIFAP). É Reitora da Universidade do Estado do Amapá (UEAP), referente ao quadriênio 2022-2026. Foi Reitora da UEAP no quadriênio 2018-2022. Professora vinculada ao Colegiado de Pedagogia da UEAP, atuando nas Disciplinas Educação, Diversidade e Interculturalidade; Sociedade, Trabalho e Educação; Educação e Relações Étnico-Raciais. É pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisa em Políticas Educacionais e Gestão – GEPPEG/UEAP e do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação, Diversidade e Interculturalidade (GEPEDI). É professora colaboradora no Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas, da Universidade Estadual do Ceará (MPPP/UECE), atuando como orientadora nos cursos de mestrado e doutorado do Programa.

Wildeson de Sousa Caetano , Universidade Estadual do Ceará

Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Sociologia pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Mestre em Planejamento e Políticas Públicas pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Especialista em Agricultura Familiar e Sustentabilidade através da Educação (URCA). Professor de História da rede municipal de Guaiuba-CE.

Downloads

Publicado

04-06-2024

Como Citar

PORDEUS, M. P.; PAULINO DOS SANTOS, K.; DE SOUSA CAETANO , W. Decolonialidade e o conflito Israel X Palestina. Tensões Mundiais, [S. l.], v. 20, n. 42, p. 243–262, 2024. DOI: 10.33956/tensoesmundiais.v20i42.12482. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/tensoesmundiais/article/view/12482. Acesso em: 19 jul. 2024.