O jogo didático e a Biologia

percepções de professores do Ensino Médio sobre o uso dessa ferramenta didática

Autores

  • JOSÉ LUCAS DOS FEITOSA UECE
  • Mayara Setúbal Oliveira Araújo UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ
  • GERMANA COSTA PAIXÃO

Palavras-chave:

Ferramenta de ensino, Educação Básica, Metodologias ativas

Resumo

Metodologias ativas se fazem cada vez mais presentes na sala de aula. Assim, este trabalho tem como um dos objetivos investigar se o jogo didático é uma metodologia de ensino utilizada por professores de Biologia da cidade de Mombaça-CE. A pesquisa foi desenvolvida em três escolas públicas da rede Estadual de ensino, onde o público-alvo foram professores do 1º ano do Ensino Médio. A coleta de dados se fez por meio de questionários via Google formulários. A análise foi por meio da tabulação e comparação dos dados, utilizando-se de gráficos do Excel. Os docentes reconhecem o valor pedagógico da metodologia. Citaram a melhora da socialização e a comunicação como as maiores potencialidades.

Referências

ALENCAR, A. C.; FREITAS, A. D. G. Uso de Jogos Didáticos: uma Estratégia Facilitadora para um Melhor Ensino - Aprendizagem em Sala de Aula. Revista de Ensino, Educação e Ciências Humanas, [s.l.], v. 20, n. 2, 27 jun. 2019.

ALVES, L.; BIANCHIN, M. A. Jogo como recurso de aprendizagem. Rev. Psicopedag. p.282-287, 2010.

ARRAIS, A. A. M. Estudando os anfíbios: o jogo didático “Animazoo”. Revista EletrônicaLudus Scientiae, Foz do Iguaçu, v. 03, n. 01, p. 33-45, jan./jul. 2019.

BORGHEZAN, J.; MARTINS, M. C. Observando aulas de biologia em uma escola no extremo sul catarinense. Criar Educação, [s.l.], v. 8, n. 2, p. 137-150, 9 out. 2019.

DA SILVA, J. C. S.; BIANCO, G. Jogos didáticos: a formação educativa através de uma aprendizagem significativa e um currículo adaptado por projetos. Research, Society and Development, v. 9, n. 9, p. e820997969-e820997969, 2020.

DE OLIVEIRA, F. A.; FERRAZ, D. H. Pesquisa científica e educação: a importância do professor pesquisador dentro do espaço escolar. Redin-Revista Educacional Interdisciplinar, v. 8, n. 1, 2019.

DIAS, S. R.; CHAGA, M. M. Aprendizagem baseada em problemas: Um relato de experiência. (IN: Práticas inovadoras em metodologias ativas / Andreia de Bem Machado... [et al]. — Florianópolis: Contexto Digital, 2017.) 2017.

LIMA, J. O lúdico na aquisição do ensino aprendizagem: espanhol língua estrangeira. In: V Encontro de Iniciação à Docência da UEPB, 2015. Anais...Paraíba: Editora Realize, 2015.

MAIA, N. R. F. et al. Animações Virtuais como proposta metodológica para o ensino de embriologia. Conexão, Ciência e Tecnologia, Fortaleza, v. 11, n. 6, p.17-26, dez. 2017.

MAURÍCIO, J. T. Aprender Brincando: O Lúdico na Aprendizagem. 2006.

MINAYO, M. C. S. (Org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 2001.

PEREIRA, M.; DE LOURDES FONTANA PIFFERO, E. Uso de metodologias ativas no estudo da evolução das espécies durante o estágio supervisionado. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 1, 14 fev. 2020.

PIFFERO, E. L. F. et al. Metodologias Ativas e o ensino de Biologia: desafios e possibilidades no novo Ensino Médio. Ensino & Pesquisa, 2020.

RODRIGUES, S. M. Utilização de recursos didáticos no processo de ensino e aprendizagem de biologia em turmas de 1° e 2° anos de ensino médio em escolas de educação básica em Santa Maria/RS. Revista de Extensão, Santa Maria, v. 3, p.590-594, 2016.

SILVA, F. S. S.; MORAIS, L. J. O.; CUNHA, I. P. R. Dificuldades dos professores de biologia em ministrar aulas práticas em escolas públicas e privadas no município de Imperatriz (MA). Revista UNI, Imperatriz (MA). Ano 1. n.1. p. 135-149. Janeiro/julho. 2011.

SILVA, T. R.; SILVA, B. R.; COSTA, E. B. Desenvolvimento de jogo didático para o ensino de células eucarióticas: recurso lúdico na aprendizagem dos alunos. Revista Reamec: Revista do Programa de Doutorado da Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá -MT, v. 7, n. 1, p. 4-21, 15 fev. 2019.

SOUZA, I. A. de, & RESENDE, T. R. P. S. Jogos como Recurso Didático-Pedagógico para o Ensino de Biologia. Scientia cum Industria, 4(4), 181-183, 2017.

STOCKMANNS, J. I.; DE ÁVILA, P. N. práticas pedagógicas da biologia no ensino público paranaense: desafios e possibilidades. Revista Mundi Sociais e Humanidades, v. 4, n. 2, 2020.

VALENTE, W. R. Saber objetivado e formação de professores: reflexões pedagógico-epistemológicas. Revista História da Educação, p. 77747, 2019.

WELTER, G. M.; RETUCI, V. S.; SOARES, I. A. Concepção dos professores de biologia das escolas estaduais do município de planalto-pr, quanto a utilização de modelos didáticos como ferramenta para o ensino de genética. Revista Faz Ciência, v. 21, n. 33, p. 09, 2019.

Downloads

Publicado

2022-01-02

Como Citar

FEITOSA, J. L. D., Araújo, M. S. O. ., & PAIXÃO, G. C. (2022). O jogo didático e a Biologia: percepções de professores do Ensino Médio sobre o uso dessa ferramenta didática. Conexão ComCiência, 2(1). Recuperado de https://revistas.uece.br/index.php/conexaocomciencia/article/view/6570

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)