O Estatuto conceitual da matéria no Tratado II.4 de Plotino

Autores

  • Robert Brenner Barreto da Silva

Palavras-chave:

Plotino. Enéada. Matéria. Não-ser. Mal.

Resumo

Em I.8 Plotino apresenta a matéria como uma espécie de princípio do mal, ainda que de forma sui generis, pois é sabido que a matéria é concebida como não-ser. Logo, ela não pode ser interpretada como um princípio positivo da ontologia, mas somente como um recurso de negatividade. A proposta desse trabalho, de outro modo, é pensar o estatuto conceitual da matéria a partir do II.4. Tal escolha se justifica pelo fato de que, enquanto o I.8 se detém sobre o tópico do mal, e aponta textualmente a matéria como sua explicação, o II.4 versa propriamente sobre o conceito da matéria. Desta forma, a apreensão dessa definição oferecida pelo II.4 pode ser útil à reflexão sobre até que ponto a identificação da matéria ao mal é coerente, não na condição de ponto de partida, mas na perspectiva de analisar as implicações teóricas da matéria.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABBAGNANO, N. Dicionário de Filosofia. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

AQUINO, T. O Ente e a Essência. Tradução de Mário Santiago de Carvalho. Covilhã:Lusosofia, 2008. Disponível em: <https://bityli.com/TntP5>. Acesso em: 26/06/2021.

ARISTÓTELES. Física. Introducción, traducción y notas de Rodríguez de Echandía. Madrid: Gredos, 1982.

ARMSTRONG, A. H. From Intellect to matter: The return to the One. In: The Cambridge History of Later Greek and Early Medieval Philosophy. Cambridge, 2008. pp 250-259.

BARACAT, J. Plotino. Enéadas I, II e III; Porfírio, Vida de Plotino. Tradução e notas. 700 f. (Doutorado em Letras). Universidade Estadual de Campinas, 2006.

BARACAT, J. The Concepts of Space in Plotinus. Dois Pontos (UFPR), v. 10, p. 33-54, 2013.

CARVALHO, N. Sobre o conceito plotiniano de dúnamis e sua relação com as noções de matéria, um e alma. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, 2015.

CORRIGAN, K. Reading Plotinus: a practical introduction to Neoplatonism. West Lafayette: Purdue University Press, 2005.

FERNANDES, E. A interação naturante entre o demiurgo e o mundo, a questão dos “dois tipos de matéria” e a natureza da “implantação” da alma no corpo. Kriterion (UFMG.Impresso), v. 51, p. 617-635, 2010.

FERNANDES, Edrisi. A “superação” Schellinguiana do entendimento Plotiniano da transição do bem para a matéria e o mal. Archai: Revista de Estudos Sobre As Origens do Pensamento Ocidental. v.10, 2013, pp.127-140.

GOMES, R. A alma e o cosmos: “O todo em tudo” (ὅινο παληαρνῦ) na cosmologia plotiniana. Tese (Doutorado em Filosofia) – Universidade Federal de São Paulo, Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Guarulhos, 2019.217 f.

LAVOISIER, A.L. Tratado Elementar de Química. Tradução de Laís dos Santos Trindade. São Paulo: Madras, 2007.

NIKULIN, D. Intelligible Matter in Plotinus. Dionysius, Vol. XIV, 1998, pp.85-114.

OLIVEIRA, P.C. Imagens em Espelhos: o estatuto do múltiplo sensível em Plotino. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas. Belo Horizonte, 2009.

PLATÃO. Timeu-Crítias. Tradução do grego, introdução e notas de Rodolfo Lopes. São Paulo: Annablume Clássica; Coimbra: IUC, CECH, 2012.

PLOTINUS. The Enneads. Edited by Lloyd P. Gerson. Translated by George Stones, John M. Dillon, Lloyd P. Gerson, R. A. H. King, Andrew Smith and James Wilberding. Cambridge University Press, 2018, 931pp.

POURTLESS, J. Toward a Plotinian Solution to the Problem of Evil. Aporia v.18 n°2, 2008.

RIST, J. The Indefinite Dyad and Intelligible Matter in Plotinus. The Classical Quarterly, New Series, Vol. 12, No. 1 (May, 1962), pp. 99-107.

SILVA, R. A relação metafísica entre matéria e mal na filosofia de Plotino. 207 f. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2021a.

SILVA, R. A natureza complexa da cosmologia metafísica de Plotino: um elogio ao material e uma crítica ao materialismo. PROMETEUS. FILOSOFIA EM REVISTA, v. 1, p. 171-190, 2021b.

Downloads

Publicado

2022-03-12

Como Citar

BARRETO DA SILVA, R. B. . O Estatuto conceitual da matéria no Tratado II.4 de Plotino. Kalagatos , [S. l.], v. 19, n. 1, p. eK22002, 2022. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/kalagatos/article/view/7939. Acesso em: 16 maio. 2022.