Metodologia ativa

uso do Youtube para Ensino-Aprendizagem de Cálculo Diferencial e Integral

Autores

  • Pryscilla Pires UERJ Universidade do Estado do Rio de Janeiro
  • Thalles Heringer Avelar Universidade Federal Fluminense
  • Thiago Nogueira dos Santos Universidade Federal Fluminense

Palavras-chave:

Educação à Distância. Processo de Ensino-Aprendizagem. Matemática. Ensino de Graduação.

Resumo

Atualmente os alunos de graduação convivem satisfatoriamente com a inclusão de ferramentas tecnológicas na rotina escolar. Os chamados nativos digitais (geração Z) demandam por adquirir conhecimento por outras vias, além das tradicionais como lousa e livros didáticos (BURGESS; GREEN, 2009; EZENWABASILI, 2016). Este trabalho teve como foco a utilização do YouTube para divulgação de material de apoio didático referente a conteúdos de Cálculo Diferencial e Integral. As vídeo aulas, gravadas e editadas por dois alunos de graduação em Engenharia, referem-se a conteúdos teóricos e resolução de exercícios de diferentes níveis de complexidade. Produzimos um material relevante acerca de Cálculo no canal "Cálculo Já" (Youtube), que pode ser um grande auxílio para professores e/ou estudantes. Concluímos que a utilização de vídeos do YouTube como ferramenta pedagógica deve vir acompanhada de um planejamento do professor especificando claramente os objetivos que se deseja atingir.

Biografia do Autor

Thalles Heringer Avelar, Universidade Federal Fluminense

Bacharel em Engenharia mecânica pela Universidade Federal Fluminense, Campus de Volta Redonda.

Thiago Nogueira dos Santos, Universidade Federal Fluminense

Graduado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal Fluminense, 2021. Foi monitor da disciplina de Introdução aos Métodos Numéricos durante o ano de 2019.

Referências

ADOBE AFTER EFFECTS. Disponível em: https://www.adobe.com/br/products/aftereffects.html. Acesso em: 27 ago. 2021.

ADOBE PREMIERE PRO. Disponível em: https://www.adobe.com/br/products/premiere.html. Acesso em: 27 ago. 2021.

ALMEIDA, Italo Dartagnan; SILVA, Jeissy Conceição Bezerra; SILVA JUNIOR, Sandoval Artur; Borges, Luzineide Miranda. Tecnologias e educação: o uso do youtube na sala de aula. Anais II CONEDU. Campina Grande: Realize Editora, 2015. Disponível em: <https://editorarealize.com.br/artigo/visualizar/16974>. Acesso em: 13 Ago. 2021.

BURGESS, Jean; GREEN, Joshua YouTube e a Revolução Digital: Como o maior fenômeno da cultura participativa transformou a mídia e a sociedade. Tradução de Ricardo Giassetti. São Paulo: Aleph, 2009. 32p.

CECÍLIO, Waléria Adriana Gonçalez; TEDESCO, Daniel Guimarães. Aprendizagem Baseada em Projetos: relato de experiência na disciplina de Geometria Analítica. Revista docência no Ensino Superior, Belo Horizonte, v. 9, p. 1-20, 2019.

DE LIMA VELHO JUNGES, Debora de, GATTI, Amanda. Estado da arte sobre o Youtube na educação. Revista Informação Em Cultura, 1(2), p. 113-131, 2019.

EZENWABASILI, Mariana. Como as diferentes gerações aprendem. Revista Educação. Disponível em: https://revistaeducacao.com.br/2016/12/01/como-diferentes-geracoes-aprendem/. Acesso em: 02 set. 2021.

FLEMMING, Diva Marília; GONÇALVES, Mirian Buss. Cálculo A, 6ª edição. Ed. PEARSON. 2006.

GRAVINA, Maria Alice; BASSO, Marcos Vinícius de Azevedo. Mídias Digitais na Educação Matemática. In: GRAVINA, Maria Alice; BÚRIGO, Elisabete Zardo; BASSO, Marcos Vinı́cius de Azevedo; GARCIA, Vera Clotilde Vanzetto (Orgs). Matemática, Mı́dias Digitais e Didática: tripé para a formação dos professores de matemática. Porto Alegre: Evangraf, 2012.

KAMERS, Nelito José O Youtube como Ferramenta Pedagógica no Ensino de Física. Dissertação (Mestrado em Educação)-Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2013.

KHAN ACADEMY. Página Inicial. Disponível em: https://pt.khanacademy.org/. Acesso em: 27 de ago. 2021.

OLIVEIRA, Jackes Alves. Educação histórica e aprendizagem da “história difícil” em vídeos de Youtube. Dissertação (Mestrado em Educação)–Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2016.

OLIVEIRA, Sebastião Luis de; SIQUEIRA, Adriano Francisco; ROMÃO, Estaner Claro. Aprendizagem Baseada em Projetos no Ensino Médio: estudo comparativo entre métodos de ensino. Bolema, Rio Claro (SP), v. 34, n. 67, p.764-785, 2020.

MORAN, José Manuel. Ensino e aprendizagem inovadores com apoio de novas tecnologias. In: MORAN, José Manuel; BEHRENS, Marilda Aparecida; MASETTO, Marcos T. Novas tecnologias e mediação pedagógica. Campinas: Papirus, 2013.

MUNEM, Mustafa; FOULIS, David James, Cálculo, vol. 1, Ed. LTC, 1982.

RESENDE, Ana Rubélia Mendes de Lima. Uso Educacional de Ferramentas de Autoria na Web. Lavras: UFLA, 2015.

SILVA, Marco Polo Oliveira da. Youtube, juventude e escola em conexão: a produção da aprendizagem ciborgue. Dissertação (Mestrado em Educação)-Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2016.YOUTUBE. Escola de Criadores de Conteúdo. Disponível em: https://creatoracademy.youtube.com/page/home. Acesso em: 02 set. 2021.

STEWART, James; Cálculo, Vol. 2, 7ª edição. Ed. Pioneira Thomson Learning, 2009.

Downloads

Publicado

2022-03-16

Como Citar

Pires, P., Avelar, T. H. ., & Nogueira dos Santos, T. . (2022). Metodologia ativa: uso do Youtube para Ensino-Aprendizagem de Cálculo Diferencial e Integral. Conexão ComCiência, 2(1). Recuperado de https://revistas.uece.br/index.php/conexaocomciencia/article/view/7096