A CONQUISTA DE ANDALUZIA PELO ALMUADEM DE ORÓS

RAIMUNDO FAGNER E A INCORPORAÇÃO DE SUA HERANÇA CULTURAL HIBRIDA NO SEU LONG PLAY TRADUZIR-SE (1981)

Autores

  • Stênio Ronald Mattos Rodrigues UECE

Palavras-chave:

Hibridismo Cultural, Indústria Fonográfica, Memória

Resumo

Este trabalho objetiva examinar os traços culturais presentes na obra musical de Raimundo Fagner no início da década de 1980. Para tanto, analiso, dentro do campo da História Cultural e sob o olhar do conceito de hibridismo cultural, as incorporações culturais que concorreram para a promoção e popularização do nome desse artista no mercado hispânico de discos, através do long play (LP) Traduzir-se (1981). Para isso se faz necessário investigar a formação cultural de Fagner e os seus deslocamentos sociais, o que evidencia nessa vivência o estabelecimento de uma cultura partilhada. Entendo, assim, que os traços culturais presentes na sua manifestação artística são fruto direto de processos de hibridização cultural, haja vista a forte presença de elementos da tradição ibérica e árabe na formação social do Brasil, sendo estas marcas preponderantes do referido LP. Diante disso, cabe-me compreender de forma crítica o percurso trilhado por Fagner em busca de suas origens e a configuração desse "canto híbrido". Para tanto, tais respostas foram buscadas principalmente através das fontes hemerográficas e das narrativas orais, ambas apoiadas no conce

Biografia do Autor

Stênio Ronald Mattos Rodrigues, UECE

Graduado em História pela Universidade Estadual do Ceará (UECE), aluno do mestrado acadêmico em História e Culturas da Universidade Estadual do Ceará (MAHIS UECE). Bolsista da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap). Membro do Laboratório de Estudos e Pesquisas em História e Culturas (DÍCTIS).

Publicado

2022-01-14

Como Citar

RODRIGUES, S. R. M. . A CONQUISTA DE ANDALUZIA PELO ALMUADEM DE ORÓS: RAIMUNDO FAGNER E A INCORPORAÇÃO DE SUA HERANÇA CULTURAL HIBRIDA NO SEU LONG PLAY TRADUZIR-SE (1981). Revista de História Bilros: História(s), Sociedade(s) e Cultura(s), [S. l.], v. 4, n. 07, 2022. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/bilros/article/view/7685. Acesso em: 23 jan. 2022.