Edições anteriores

  • BILROS
    v. 2 n. 03 (2014)

    É com muita alegria que a “Revista de História Bilros: História(s), Sociedade(s) e Cultura(s)” torna público o seu terceiro número, resultado do esforço coletivo dos discentes do Curso de História e do Mestrado Acadêmico em História da Universidade Estadual do Ceará. A Revista Bilros divulga, nessa edição, treze trabalhos que correspondem às seções: “Artigos”, “Entrevistando” e “Enquanto isso... outras histórias”.

  • BILROS
    v. 5 n. 08 (2017)

    É com regozijo que a Revista de História Bilros: História(s), Sociedade(s) e Cultura(s) lança ao público o seu oitavo número.  Resultado do engajamento coletivo dos discentes do Curso de História e do Mestrado Acadêmico em História e Culturas (MAHIS) da Universidade Estadual do Ceará (UECE). A Bilros divulga, nesta edição, onze escritos. Divididos nas seguintes seções: ArtigosResenhasExperiência de Ensino.

    Desde o seu nascimento, a Revista Bilros busca se afirmar enquanto lugar destinado à divulgação de trabalhos sobre múltiplos vieses do espectro da construção do conhecimento em Humanidades. Sendo assim, tem-se buscado estimular as pesquisas e os pesquisadores das mais diversas formações e distintos cabedais teóricos, tornando a publicação um espaço muito rico para o desenvolvimento de debates. Por fim, a presente edição segue a sua missão e mantém a sua vocação de valorização e estímulo da transdisciplinaridade e da interdisciplinaridade entre os conhecimentos e as práticas científicas, corroborando com a pluralidade de teorias, de temas, de objetos, de metodologias e de abordagens.  

    Revista Bilros, a partir desta edição, por período determinado, passará a ter periodicidade quadrimestral, ou seja, lançará três edições ao ano. Com o progressivo aumento do fluxo de textos, foi necessário aumentar a periodicidade para atender plenamente a demanda. Desde já, os que constroem o periódico agradecem a confiança creditada ao trabalho desenvolvido na divulgação científica. Assim, 

  • v. 2 n. 02 (2014)

    É com muita alegria que a “Revista de História Bilros: História(s), Sociedade(s) e Cultura(s)” torna público o seu segundo número, resultado do esforço coletivo dos discentes do Curso de História e do Mestrado Acadêmico em História da Universidade Estadual do Ceará. A Revista Bilros divulga, nessa edição, quinze trabalhos que correspondem às seções: “Artigos”, “Resenhas”, “Experiências de Ensino” e “Enquanto isso... outras histórias”.

  • BILROS - Dossiê História e Educação
    v. 4 n. 07 (2016)

    É com enorme satisfação que a “Revista de História Bilros: História(s), Sociedade(s) e Cultura(s)” lança ao público o seu sétimo número sendo o seu primeiro dossiê: História e Educação.  Resultado do engajamento coletivo dos discentes do Curso de História e do Mestrado Acadêmico em História e Culturas da Universidade Estadual do Ceará. A Revista Bilros divulga, nesta edição, quatorze trabalhos divididos entre as seções: Dossiê Temático, Artigos Livres, Resenhas e Enquanto isso...outras histórias.

  • v. 1 n. 01 (2013)

    É com satisfação que lhes apresentamos, caros leitores, o primeiro número da Revista Bilros – História(s), Sociedade(s), Cultura(s). Idealizada, criada e organizada pelos discentes do Curso de História e do Mestrado Acadêmico em História da Universidade Estadual do Ceará, trata-se da invenção criativa e interferente de um grupo de jovens historiadores preocupados em ingerir/digerir a realidade cultural, acadêmica, social, política, de forma aberta, fronteiriça, interdisciplinar e transitando por entre os mundos do conhecimento que constituem a realidade de forma cada vez mais decisiva.

  • BILROS
    v. 4 n. 06 (2016)

    É com enorme satisfação que a “Revista de História Bilros: História(s), Sociedade(s) e Cultura(s)” lança ao público o seu sexto número, resultado do engajamento coletivo dos discentes do Curso de História e do Mestrado Acadêmico em História e Culturas da Universidade Estadual do Ceará. A Revista Bilros divulga, nesta edição, treze trabalhos divididos entre as seções: Artigos, Experiências de Ensino e Resenhas.

    Desde o seu nascimento a Revista Bilros busca se afirmar enquanto espaço destinado para divulgação de trabalhos sobre as mais diversas formas de construção e atribuição de significados as práticas, as representações e a(s) cultura(s), bem como outras diversas formas de compreensão historiográfica e de áreas correlatas. Ao mesmo tempo, tem procurado estimular os pesquisadores das mais diversas formações e titulações que necessitam de um espaço para exposição das questões em que se ocupam no curso das suas pesquisas. Por tudo isso, essa edição segue a missão de valorizar a interdisciplinaridade entre os conhecimentos a partir da pluralidade de temas, metodologias e abordagens, assim, buscando sempre expor as diversas contribuições de um saber diversificado e, portanto, frutífero.

  • BILROS
    v. 3 n. 05 (2015)

    Com muita satisfação a Revista de História Bilros: História(s), Sociedade(s) e Cultura(s)” torna público o seu quinto número, resultado do esforço coletivo dos discentes do Curso de História e do Mestrado Acadêmico em História da Universidade Estadual do Ceará. A Revista Bilros divulga, nessa edição, doze trabalhos correspondentes às seções: “Artigos” e “Experiências de ensino”.

    Além de debater, analisar e divulgar a produção historiográfica e de áreas afins, esta edição mais uma vez pluraliza as modalidades, os objetos de pesquisa, os recortes temporais e as abordagens teórico-metodológicas utilizadas nestes escritos. Nesta edição são abordados objetos como a “cultura popular”, a cooperação nuclear, os conflitos de jurisdições, a colonização dos espaços litorâneos, a música, a literatura, o cinema e a história, dentre outros.

  • BILROS
    v. 3 n. 04 (2015)

    Com muita satisfação a “Revista de História Bilros: História(s), Sociedade(s) e Cultura(s)” torna público o seu quarto número, resultado do esforço coletivo dos discentes do Curso de História e do Mestrado Acadêmico em História da Universidade Estadual do Ceará. A Revista Bilros divulga, nessa edição, dezessete trabalhos correspondentes às seções: “Artigos”, “Resenhas” e “Experiências de ensino”.