REFLEXÕES SOBRE A MODA ENQUANTO CAMPO DE ANÁLISE NO PERÍODO PÓS-INDUSTRIAL.

Autores

  • Aliria Aiara Duarte Lemos UECE / UFC / UAB

Palavras-chave:

Moda, Pós-Industrial, Identidade

Resumo

Este artigo tem por finalidade expor algumas reflexões sobre a moda como um campo de investigação sociológica e histórica, desconstruindo uma suposta superficialidade que lhe é atribuída. Analisar outro lado, uma moda que apresenta na efemeridade e na historicidade um testemunho social, histórico e identitário, que se caracteriza por um espaço de tempo, um ciclo cada vez mais frenético de mudanças. Refletir sobre como a moda é uma forma de comunicação imediata e é usada para aceitação social e tentar compreender como as pessoas passam a consumir roupas em uma escala crescente como símbolos, ou seja, o caráter simbólico acima do valor de uso, o fetichismo e reificação contidos na moda. Por fim, buscam-se as relações entre esse consumo simbólico de moda e a fragmentação identitária e cultural de forma mais intensificada na pós-modernidade.

Biografia do Autor

Aliria Aiara Duarte Lemos, UECE / UFC / UAB

Graduada em Letras/Inglês (UECE), graduada em design de moda (Centro Universitário Estácio do Ceará), tutora (UFC/ UAB Universidade Aberta do Brasil).

E-mail: aliria_duarte@hotmail.com

Publicado

2022-01-12

Como Citar

LEMOS, A. A. D. REFLEXÕES SOBRE A MODA ENQUANTO CAMPO DE ANÁLISE NO PERÍODO PÓS-INDUSTRIAL. Revista de História Bilros: História(s), Sociedade(s) e Cultura(s), [S. l.], v. 3, n. 04, 2022. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/bilros/article/view/7595. Acesso em: 1 jul. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS