PINTAR

Incluindo, Tocando, Alegrando e Reciclando.

Autores

  • Layla da Silva Universidade Estadual Vale do Acaraú
  • Andriny Nara Souza Lopes
  • Ana Rebeca Batista Moreira
  • Marilene Soares Mendes

Palavras-chave:

educação; reciclagem; brincar; inclusão

Resumo

O ato de brincar, além de ser muito antigo, contribui grandemente para o desenvolvimento da criança. Tanto no aspecto motor, trabalhando lateralidade e noção de espaço, como no aspecto cognitivo, trabalhando regras. Além de ser uma excelente aliada da imaginação e da cultura. Com a pintura é possível que haja uma comunicação entre quem desenha e quem o observa e também materializar sentimentos, pois a arte não é apenas o que está sendo retratado em um pedaço de papel, ela vai mais além, pois a pintura está ligada à como a criança vê e sente o mundo a sua volta e isso é importante para que flua a imaginação da criança, principalmente a que tem algum tipo de deficiência, pois geralmente elas sentem-se pouco estimuladas frente a uma sociedade onde a lógica matemática é mais importante do que o aprendizado nos desenhos.

Referências

SOUZA, É. C. S. de. A ausência do brincar na educação infantil de uma escola do município de Santo Estavão. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL EDUCAÇÃO E CONTEMPORANEIDADE, 5., 2011, São Cristovão. Anais [...]. São Cristovão: UFS, 2011. Disponível em: http://educonse.com.br/2011/cdroom/eixo%2010/PDF/Microsoft%20Word%20-%20A%20AUSeNCIA%20DO%20BRINCAR%20NA%20EDUCAcaO%20INFANTIL.pdf. Acesso em 17 jun. 2021.

Downloads

Publicado

2021-07-26

Como Citar

da Silva, L., Souza Lopes, A. N., Batista Moreira, A. R., & Soares Mendes, M. (2021). PINTAR: Incluindo, Tocando, Alegrando e Reciclando. Conexão ComCiência, 1(3). Recuperado de https://revistas.uece.br/index.php/conexaocomciencia/article/view/5735

Edição

Seção

Relato de experiência