Metodologias Ativas no Ensino da Matemática

experiência de uma Escola Estadual de Educação Profissional com o ensino remoto

Autores

  • Renata Passos Machado Vieira Secretaria de Educação do Estado do Ceará - SEDUC
  • Elizabeth Chagas Gomes Secretaria de Educação do Estado do Ceará - SEDUC

Palavras-chave:

Ensino de Matemática, Ensino remoto, Método Ativo

Resumo

O presente trabalho retrata um relato de experiência das aulas de Matemática dos primeiros anos do Ensino Médio de uma escola profissionalizante pública, localizada no Estado do Ceará, no período remoto diante do contexto da pandemia. Dessa forma, é elaborado um método ativo com base nas ferramentas tecnológicas Khan Academy, Whiteboard.fi e WordWall, utilizadas nas metodologias ativas, visando obter um maior engajamento dos alunos. Portanto, ressalta-se que com a construção dos conhecimentos prévios e aplicação dos recursos tecnológicos integrados com o conteúdo de Matemática de Função, foi possível obter um maior engajamento e melhoria no processo de ensino e aprendizado durante o primeiro semestre do ano de 2021, elencando os pontos positivos e negativos. Por fim, é preciso destacar o papel da gestão e suas formações pedagógicas que subsidiaram o aprofundamento teórico e a implementação de processos didáticos firmados nos pilares educacionais do século XXI.

Biografia do Autor

Renata Passos Machado Vieira, Secretaria de Educação do Estado do Ceará - SEDUC

Mestra em Ensino de Ciências e Matemática pelo Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Estado do Ceará. Professora de Matemática da Secretaria de Educação do Estado do Ceará.

Elizabeth Chagas Gomes, Secretaria de Educação do Estado do Ceará - SEDUC

Mestra em Planejamento e Políticas Públicas pela Universidade Estadual do Ceará (2019). Especialista em Gestão e Avaliação Pública, coordenada pelo Centro de Avaliação da Educação, da Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF(2013), Gestão Pública pela UECE (2018) e Gestão Escolar pela UECE (2005). Graduada em Licenciatura em Química pela Universidade Federal do Ceará - UFC.(2009) e pedagogia pela Universidade Estadual do Vale do Acaraú - UVA (2003) Atualmente exerce a função de Diretora da Escola Estadual de Educação Profissional Joaquim Nogueira e professora efetiva do Estado do Ceará. Atua principalmente nas áreas de: formação de Professores, Gestão Escolar e Educação Profissional.

Referências

BARROS, R. P.; MACHADO, L. M. Perdas de Aprendizagem na Pandemia. Instituto Unibanco, p. 1-56, Junho 2021.

EL PAÍS. A igualdade de oportunidades, explicada com uma macieira, quatro quadrinhos e um meme. EL PAÍS, 2020.

CHOU, Y. Actionable gamification: beyond points, badges and leaderboards. Octalysis Media, 2015.

KAPP, K. M. Games, gamification, and the quest for learner engagement. T+ D, v. 66, n. 6, p. 64-68, 2012.

LAXELL, S. WHITEBOARD.fi. Recuperado de: https://whiteboard.fi/, 2020.

LORATO, F. L.; et. al. Metodologias Ativas de Aprendizagem: Uma breve revisão. Acta Scientae, v. 20, n. 2, p. 154-171, 2018.

MCGONIGAL, J. A realidade em jogo. Rio de Janeiro: Editora Best Seller, 2017.

OTOBELLI, E. S.; et al. O uso da plataforma Khan Academy como proposta diferenciada no ensino de Matemática. Revista Interdisciplinar de Ciência Aplicada, v. 3, n. 6, p. 1-7, 2018.

PEREIRA, R. Método Ativo: Técnicas de Problematização da Realidade aplicada à Educação Básica e ao Ensino Superior. In: VI Colóquio internacional. Educação e Contemporaneidade. São Cristóvão, SE. 20 a 22 setembro de 2012.

RESOLUÇÃO CEE N° 481 de 27 de março de 2020. Conselho Estadual de Educação do Ceará, 2021.

SEDUC. Diretrizes para o ano letivo de 2021. SEDUC-CE, 2021.

SILVA, J. B.; SALES, G. L.; CASTRO, J. B. Gamificação como estratégia de aprendizagem ativa no ensino de Física. Revista Brasileira de Ensino de Física, v. 41, n. 4, 2019.

VIEIRA, R. P. M.; ALVES, F. R. V.; CATARINO, P. M. M. C. O ensino da função quadrática por meio do PheT Colorado e da Engenharia Didática. Revista de Educação Matemática, v. 18, p. 1-19, 2021.

VIEIRA, V. L. B; SOUZA, J. A. L. Uso da plataforma Wordwall como metodologia ativa na criação de recursos didáticos para o ensino da farmacobotânica: relato de experiência. Conexão Unifametro 2020 - XVI Semana Acadêmica, p. 1-5, 2020.

Downloads

Publicado

2021-08-01

Como Citar

Passos Machado Vieira, R., & Chagas Gomes, E. (2021). Metodologias Ativas no Ensino da Matemática: experiência de uma Escola Estadual de Educação Profissional com o ensino remoto. Conexão ComCiência, 1(3). Recuperado de https://revistas.uece.br/index.php/conexaocomciencia/article/view/5583

Edição

Seção

Relato de experiência