Arquivos e documentos escritos nas cidades de Granja e Camocim, Ceará

catalogação, desafios e possibilidades para o conhecimento histórico

Autores

  • Beatriz Oliveira Fontenele Universidade Estadual do Ceará
  • Elisgardênia de Oliveira Chaves

Palavras-chave:

Arquivos; Catalogação; Desafios; Possibilidades.

Resumo

O artigo é resultado da pesquisa realizada para os projetos de Iniciação Científica PIBIC/CNPq (01/08/2018 a 31/07/2019) e ICT/FUNCAP (01/08/2019 a 31/08/2020) “Arquivos, memória e história: catalogação, armazenamento e usos de documentação escrita na produção do conhecimento histórico, na Educação a Distância.” Os projetos tiveram o propósito de catalogar documentos escritos variados que formam diversos arquivos em cidades cearenses, voltando para os centros onde funcionam os cursos de História pela Educação a Distância. O objetivo principal foi encontrar os arquivos, identificando a situação dos materiais encontrados, a guarda, natureza dos documentos e acesso, a fim de formar um arquivo digital na Faculdade de Filosofia Dom Aureliano Matos (FAFIDAM/UECE) e por meio da disponibilização desses materiais os acadêmicos que tenham interesse na documentação possam utilizar para suas pesquisas. Discorrer sobre o processo de catalogação e a relevância de preservar essas documentações para a construção do saber histórico é que se destina o texto.

Referências

Chaves, E. O. “Educação Patrimonial e Ensino de História: Potenciais do Uso de Documentação Arquivística.” História e Ensino, Londrina, v. 19, n. 2, p. 59-85, jul./dez. 2013. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/histensino/article/view/16116/14144. Acesso em: 07 jul. 2019.

Fernandes, José Ricardo Oriá. O Direito à Memória: Análise dos Princípios Constitucionais da Política de Patrimônio Cultural no Brasil (1988-2010). Fundação Casa de Rui Barbosa. s/d. Disponível em: http://culturadigital.br/politicaculturalcasaderuibarbosa/files/2011/11/Jos%C3%A9-Ricardo-Ori%C3%A1-Fernandes.pdf. Acesso em: 07 jul.2019.

FERNANDES, José Ricardo Oriá. “Educação Patrimonial e cidadania: uma proposta

alternativa para o ensino de historia.” In: Revista Brasileira de História, São Paulo. v.13, n°. 25/26, p.265-276. Set. 92/ago. 93.

FARGE, Arlette. O sabor do Arquivo. Trad. Fátima Murad. São Paulo: Editora da

Universidade de São Paulo, 2009.

LE GOFF, J. “Documento/monumento.” In: História e memória. Campinas:

Editora da Unicamp, 1990, p. 462-473. Disponível em: https://www.upf.br/_uploads/Conteudo/ppgh/Hist%C3%B3ria-e-Mem%C3%B3ria.pdf.

Acesso em: 07 jul.2019.

NOGUEIRA, Antônio Gilberto Ramos. “O campo do patrimônio cultural e a história:

itinerários conceituais e práticas de preservação.” Revista Antíteses, v.7, n.14, 2014.

Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/antiteses/article/view/19969/15603.

Acesso em: 26 ago. 2019.

PINSKY, Carla Bassanezi. (Org.) Fontes históricas. São Paulo: Contexto, 2005.

Downloads

Publicado

2021-05-03

Como Citar

Fontenele, B. O. ., & Chaves, E. de O. . (2021). Arquivos e documentos escritos nas cidades de Granja e Camocim, Ceará: catalogação, desafios e possibilidades para o conhecimento histórico. Conexão ComCiência, 1(3). Recuperado de https://revistas.uece.br/index.php/conexaocomciencia/article/view/5354