Educação ambiental e conhecimento local

promovendo ações dentro e além dos muros da escola.

Autores

  • LIDIANE MOURA SANTOS INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS

Palavras-chave:

Educação ambiental, Horta escolar, Trilha ecológica, aprendizagem

Resumo

O presente estudo discorre sobre a como as ações ambientais promovidas pela escola atuam na formação ecológica dos educandos tornando-os responsável pelo meio ambiente em que estão inseridos. O objetivo geral é desenvolver ações ambientais que atuem de forma crítica, reflexiva e ecológica nos educandos tornando-os responsável pelo ambiente local. O projeto foi realizado com os educandos desde a educação infantil ao 9º ano de uma escola municipal no Município de Coruripe – AL. Assim o projeto desenvolveu trilhas e intercâmbio ecológico, horta e jardim, além de palestras sobre as temáticas ambientais. Atividades dentro e fora dos muros da escola promoveram a reflexão ambiental dos que não percebiam aquele ecossistema como algo significativo para ele e para a comunidade. A formação do sujeito ecológico é algo gradativo, mas a partir de ações que mobilizem e motivem os alunos a abraçar o ambiente em que vivem é um passo relevante nessa caminhada.

Referências

CARVALHO, I. C. M. A invenção do sujeito ecológico: sentidos e trajetórias em educação ambiental. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-graduação em Educação. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 2001.

DAMASCENO, A. T. M. Ética e educação ambiental: a conexão necessária para a formação do sujeito ecológico. Revista eletrônica casa de makunaima, v. 2, n. 4, p. 36-46, 2019.

GOLDBERG, L.G. Arte – educação – ambiental: o despertar da consciência estética e a formação de um imaginário ambiental na perspectiva de uma ONG. 2004. 183f. Tese ( pós – graduação em educação ambiental) - Fundação Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Rio Grande, 2004.

GUIMARÃES, M. Educação ambiental: participação para além dos muros da escola. Conceitos e práticas em educação ambiental na escola, v. 85, 2007.

GUIMARÃES, M. Educação ambiental crítica. Identidades da educação ambiental brasileira. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, p. 25-34, 2004.

MARQUES, T. S.; OLIVEIRA, E. M.; ROCHA, W. M. A formação de sujeitos ecológicos: um estudo do coletivo jovem de meio ambiente. REAMEC-Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, v. 7, n. 2, p. 91-108, 2019.

OLIVEIRA, G. A. Metodologias ativas no ensino de Ciências para formação de um sujeito ecológico. 2020.

SAUVÉ, L. Uma cartografia das correntes em educação ambiental. In: SATO, M; CARVALHO, I. (Org.) Educação Ambiental: pesquisa e desafios, p. 17-44, 2005.

ZAKRZEVSKI S. B. A educação ambiental nas escolas do campo. In: SATO, M; CARVALHO, I. (Org.) Conceitos e práticas em educação ambiental na escola, v. 85, 2007.

Downloads

Publicado

2021-05-29

Como Citar

SANTOS, L. M. (2021). Educação ambiental e conhecimento local: promovendo ações dentro e além dos muros da escola. Conexão ComCiência, 1(3). Recuperado de https://revistas.uece.br/index.php/conexaocomciencia/article/view/5220

Edição

Seção

Relato de experiência