HISTÓRIA E IDENTIDADE DA REGIÃO SUL DE MATO GROSSO

A OCUPAÇÃO E COLONIZAÇÃO DA REGIÃO DE NOVA ANDRADINA (1933-1950)

Autores

  • João Carlos Zoti UFGD

Palavras-chave:

Nova Andradina, Colonização, Mato Grosso

Resumo

O presente texto tem como objetivo apresentar e discutir o processo de ocupação da região de Nova Andradina no Sul de Mato Grosso, que se dá através de políticas de colonização dos “espaços vazios” proposto pelo governo com a Marcha para Oeste. Deste modo, o acesso a terra na região de Nova Andrade, no contexto histórico do Sul de Mato Grosso, dá-se através da colonizadora Moura Andrade & Cia entre os anos de 1933 a 1950, com a compra e o desmatamento de diversas glebas e fazendas, das quais Primavera e Baile, escolhidas por terem uma terra fértil. Esse fato favoreceu a vinda de outros colonizadores e migrantes com desejo de trabalho e terra. Assim, para entender esse processo da colonização, foi utilizado fontes orais e documentais que deram suporte para a pesquisa. Diante desta perspectiva, o trabalho se encontra com a proposta de compreender a colonização de Nova Andradina relacionada às questões de ordem social, política e cultural.

Biografia do Autor

João Carlos Zoti, UFGD

Mestrando na Pós-Graduação em História da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Bolsista CAPES 2015-2017.

Email: joaoczoti@gmail.com

Publicado

2022-01-21

Como Citar

ZOTI, J. C. HISTÓRIA E IDENTIDADE DA REGIÃO SUL DE MATO GROSSO: A OCUPAÇÃO E COLONIZAÇÃO DA REGIÃO DE NOVA ANDRADINA (1933-1950). Revista de História Bilros: História(s), Sociedade(s) e Cultura(s), [S. l.], v. 5, n. 08, 2022. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/bilros/article/view/7754. Acesso em: 21 maio. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS