O JORNALISMO CEARENSE NAS DÉCADAS DE 1920 E 1930

AS RELAÇÕES ENTRE “INFORMATIVO” E “OPINATIVO”

Autores

  • Benedita Sipriano UECE / UFC

Palavras-chave:

Jornalismo Cearense, Objetividade Jornalística, Jornal O Povo

Resumo

Os princípios de “objetividade” e “imparcialidade” no jornalismo são construções históricas atreladas à adequação da linguagem jornalística a novos padrões industriais e às necessidades da sociedade de consumo. Nessa perspectiva, tomando como foco a emergência do jornal O Povo, este trabalho apresenta uma discussão sobre o desenvolvimento do jornalismo cearense nas décadas de 1920 e 1930, analisando as relações entre os paradigmas “opinativo” e “informativo” na atividade jornalística. Vale destacar que, no contexto do jornalismo cearense dessa época, as fronteiras entre “informação” e “opinião” ainda eram muito tênues, entretanto predominava o paradigma “opinativo”, tendo em vista que a atividade jornalística possuía, sobretudo, um caráter político-partidário e ainda não estavam consolidados os padrões de produção do emergente jornalismo informativo.

Biografia do Autor

Benedita Sipriano, UECE / UFC

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada da UECE (Universidade Estadual do Ceará), na linha de pesquisa Estudos Críticos da Linguagem. Mestre em Linguística Aplicada (UECE). Especialista em Ensino de Língua Portuguesa (UECE). Graduada em Letras - Português/ Literatura (UECE) e em Comunicação Social - Jornalismo - UFC (Universidade Federal do Ceará). Analista Legislativo (Revisor de Texto) da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará. Professora de Língua Portuguesa da Rede Municipal de Ensino de Fortaleza.

Publicado

2022-01-14

Como Citar

SIPRIANO, B. . O JORNALISMO CEARENSE NAS DÉCADAS DE 1920 E 1930: AS RELAÇÕES ENTRE “INFORMATIVO” E “OPINATIVO”. Revista de História Bilros: História(s), Sociedade(s) e Cultura(s), [S. l.], v. 4, n. 07, 2022. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/bilros/article/view/7682. Acesso em: 23 maio. 2022.